G1 Mundo

Coreia do Norte executou homem por ouvir K-pop, aponta relatório

today28 de junho de 2024 4

Fundo
share close

Entre eles, o caso de um jovem de 22 anos que foi executado publicamente por ver e partilhar filmes e música sul-coreanos. O documento relata tentativas desesperadas de Pyongyang de conter o fluxo de informação e cultura externas, destacou o jornal britânico The Guardian.

De acordo com o depoimento de um desertor não identificado, o jovem era da província de Hwanghae do Sul e foi executado publicamente em 2022 por ouvir 70 canções sul-coreanas, assistir a três filmes e distribuí-los, violando uma lei norte-coreana adotada em 2020 que proíbe “ideologia reacionária” e cultura”.

Outros casos de repressão incluem punições para noivas usando vestidos brancos, noivos carregando a noiva, usando óculos escuros ou bebendo álcool em taças de vinho – todos vistos como costumes sul-coreanos.



O relatório detalha extensos esforços das autoridades norte-coreanas para controlar o fluxo de informação externa, especialmente dirigida aos jovens.

Ainda de acordo com o documento, telefones celulares também são frequentemente inspecionados quanto à grafia dos nomes dos contatos, expressões e gírias consideradas de influência sul-coreana.

A proibição do K-pop faz parte de uma campanha para proteger os norte-coreanos da influência da cultura ocidental, que começou sob o antigo líder Kim Jong-il e se intensificou sob o seu filho Kim Jong-un.

A publicação do The Guardian também lembra que em 2022, a Rádio Free Asia, financiada pelo governo dos EUA, disse que o regime reprimia a moda e os penteados “capitalistas”, visando jeans skinny e t-shirts com palavras estrangeiras, bem como cabelos tingidos ou longos.

Apesar destas medidas duras, a influência da cultura sul-coreana, incluindo programas de televisão recentes, parece imparável, de acordo com um recente desertor norte-coreano.

“A velocidade com que a cultura sul-coreana influencia a Coreia do Norte é muito rápida. Os jovens seguem e copiam a cultura sul-coreana e adoram tudo o que é sul-coreano”, disse uma mulher de cerca de 20 anos que desertou da Coreia do Norte aos jornalistas durante um briefing em Seul.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

buraco-gigante-se-abre-repentinamente-em-campo-de-futebol;-veja-fotos-e-video-do-momento

G1 Mundo

Buraco gigante se abre repentinamente em campo de futebol; veja fotos e vídeo do momento

Um buraco gigante se abriu repentinamente no meio de um campo de futebol no Gordon Moore Park, em Illinois, nos EUA, nesta quarta-feira (26). Abaixo, veja vídeo que mostra exatamente o momento em que a cratera surge. Ninguém estava no local no momento do incidente, já que o campo não estava sendo usado para treinos e eventos havia alguns dias. Buraco aparece em campo de futebol; assista Segundo o jornal […]

today28 de junho de 2024 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%