Gospel Prime

Cristão é acusado de blasfêmia no Paquistão por compartilhar versículo no Facebook

today6 de julho de 2023 2

Fundo
share close

Na sexta-feira (30) a polícia no Paquistão acusou um cristão de blasfêmia depois que ele postou versículos bíblicos no Facebook que enfureceram muçulmanos, causando a fuga dezenas de famílias cristãs de uma vila próxima à cidade de Sargodha.

Segundo Morning Star News, as tensões aumentaram na vila de Chak 49 Shumaali, província de Punjab, após Haroon Shahzad, de 45 anos, postar em sua página do Facebook 1 Coríntios 10:18-21, sobre comida sacrificada a ídolos, no momento em que os muçulmanos iniciavam o festival de Eid al-Adha (Festa do Sacrifício), que envolve o abate de um animal e o compartilhamento da carne.

Nesse sentido, um morador muçulmano tirou uma captura de tela da postagem, enviou para grupos locais de mídia social e acusou Shahzad de desrespeitar a tradição abraâmica de sacrifício de animais e comparar os muçulmanos a pagãos. Eid al-Adha comemora Deus fornecendo um cordeiro para que Abraão sacrificasse em vez de seu filho.

Desse modo, na passagem postada de 1 Coríntios, o Apóstolo Paulo afirma que os sacrifícios pagãos são oferecidos a demônios. De acordo com Tahir Naveed Chaudhry, residente de Sargodha, cristão e ex-legislador, Shahzad não fez nenhum comentário na postagem.

Além disso, Chaudhry disse que ele e outros líderes cristãos locais começaram a monitorar as tensões na quinta-feira à noite (29) e estavam em contato com a administração do distrito e as autoridades policiais. Quando souberam que multidões de outras vilas haviam começado a se reunir após os anúncios da mesquita, eles informaram a polícia do distrito de Sargodha.



“A polícia chegou à vila a tempo e impediu qualquer ataque aos cristãos ou danos à propriedade. No entanto, a presença policial não impediu as multidões de fazerem slogans inflamatórios. Temendo que a situação pudesse fugir do controle, a maioria das famílias cristãs fugiu de suas casas, deixando tudo para trás”, disse Chaudhry.

Desta forma,  Shahzad se escondeu na noite de quinta-feira (29) junto com sua esposa e seus seis filhos. Na sexta feira a polícia registrou um caso contra Haroon sob as seções 295-A e 298, sob pressão das multidões apoiadas pelo extremista Tehreek-e-Labbaik Pakistan (TLP). A polícia deteve duas cunhadas de Shahzad na tentativa de pressioná-lo a se entregar.

Por fim, seus seis irmãos também se esconderam, temendo por suas vidas. Haroon deletou a postagem quando ouviu que algumas pessoas estavam usando isso para inflamar os sentimentos religiosos. A Seção 298 prevê até um ano de prisão e multa, ou ambos, por ferir sentimentos religiosos. A polícia o levou na terça-feira (4) para “custódia protetora” apesar da obtenção da fiança pré-prisão.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

policial-ateu-encontra-deus-apos-tentativa-de-suicidio

Gospel Prime

Policial ateu encontra Deus após tentativa de suicídio

Thomas Rife, um policial ateu, entregou sua vida a Cristo após ouvir o Evangelho e encontrar esperança em Cristo. Ele lutou para lidar com as consequências de seus pecados e tentou cometer suicídio várias vezes. Foi apenas quando Deus o encontrou de forma poderosa que tudo mudou. De acordo com God TV, Thomas cresceu em um ambiente violento e traumático em Ohio. Seus pais biológicos eram dependentes químicos, o que […]

today6 de julho de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%