Gospel Prime

Cristãos são hospitalizados após parentes espancá-los por orarem a Jesus

today22 de junho de 2023 5

Fundo
share close

Fontes relatam que parentes de dois irmãos os espancaram após abandonarem o Islã e se converterem ao Cristianismo no leste de Uganda. Janati Tisuubira, de 22 anos, e seu irmão Ibrahim Musa Kakembo, de 33 anos, receberam cuidados médicos por quase uma semana após serem atacados por membros da família em 3 de junho, após o enterro de sua irmã em Bunya, distrito de Mayuge.

Os dois irmãos haviam se mudado para Mbale, a aproximadamente 135 quilômetros de distância, por motivos de trabalho. Lá, eles ouviram uma transmissão do Evangelho que os levou a visitar a igreja do pregador de rádio em Mbale em 22 de maio, conforme relatado por Kakembo.

“No final do serviço, meu irmão e eu ficamos para trás”, disse Kakembo ao Morning Star News. “Lá, conversamos com o pastor e fizemos várias perguntas relacionadas à mensagem do Evangelho que ele havia pregado no rádio. Depois disso, acreditamos em Issa [Jesus]”.

Em 2 de junho, eles receberam a notícia de que sua irmã havia falecido em Bunya e decidiram retornar para o enterro. Por volta das 22 horas, estavam ouvindo o pastor no rádio em seu quarto.

“Antes de terminar a pregação, ele pediu aos ouvintes que se juntassem a ele em orações”, disse Kakembo. “Então nos juntamos a ele em orações e começamos a orar. Um de nossos irmãos mais velhos nos viu orando na sala e foi avisar outros membros da família, que vieram ver o que estava acontecendo. Eles nos encontraram orando seriamente, seguindo o pastor no rádio”.



Os membros da família gravaram vídeos dos irmãos rezando e os chamaram para a sala de estar para questioná-los sobre por que estavam orando em nome de Cristo em vez de Maomé. Os irmãos permaneceram em silêncio.

“Eles nos acusaram de não sermos mais muçulmanos”, disse Kakembo. “Nosso irmão mais velho, Shaban, que é professor no Centro Islâmico Ibun Bazi, ficou com raiva de nós e começou a nos agredir com um objeto pontiagudo que tinha consigo, enquanto os outros membros também se juntaram e nos agrediram violentamente”.

Seu pai entrou na sala e começou a gritar: “Pare, não os mate em minha casa, apenas os expulse – a partir de hoje, não sou mais o pai deles e eles não são mais meus filhos”.

“Meus irmãos obedeceram a nosso pai e nos expulsaram de casa à noite”, disse Kakembo. “Eu estava sangrando de um corte profundo perto do olho direito e da testa, enquanto meu irmão sofreu um corte profundo na testa, um ferimento no olho e o pescoço inchado”.

Após caminharem cerca de 200 metros, eles telefonaram para o pastor em Mbale, que providenciou para que cristãos em Bulamogi, distrito de Kaliro, a 124 quilômetros de distância, os resgatassem. Eles foram levados pelos cristãos no meio da noite para uma clínica médica em Kaliro e receberam alta em 10 de junho.

Atualmente, os irmãos estão refugiados em um local não revelado e pedem orações para encontrar conforto em meio à rejeição que enfrentam.

Esse ataque é apenas um dos muitos casos de perseguição a cristãos em Uganda documentados pelo Morning Star News.

Embora a constituição de Uganda e outras leis garantam a liberdade religiosa, incluindo o direito de propagar a própria fé e converter-se de uma religião para outra, os muçulmanos representam menos de 12% da população de Uganda, com concentrações significativas nas áreas orientais do país.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

jovens-louvam-a-deus-depois-de-escapar-de-incendio-em-onibus-da-igreja

Gospel Prime

Jovens louvam a Deus depois de escapar de incêndio em ônibus da igreja

Dois adultos e 11 crianças da Igreja Anchor, em Houston, Texas, estão agradecendo a Deus por terem escapado por pouco de uma van em chamas na terça-feira, momentos antes de irem para um acampamento de verão na I-610 em Wayside. “A fé tem que desempenhar um papel nisso. Acreditamos e oramos por essas crianças”, disse Jordin Williams, mãe de dois jovens participantes do acampamento, ao KHOU 11. De acordo com […]

today22 de junho de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%