Gospel Prime

Disney aprova nova série sobre menina que se apaixona pelo diabo

today1 de junho de 2023 100

Fundo
share close

Uma organização de entretenimento voltada para a família, MovieGuide, está alertando sobre uma nova campanha contra uma próxima série do Disney+ que retrata o envolvimento amoroso de uma adolescente com Satanás.

De acordo com Faith Wire, a plataforma de streaming deu luz verde para iniciar a produção de uma nova série original alemã intitulada “Pauline”. A série acompanha uma garota de 18 anos que engravida após uma noite de amor com o diabo. Os criadores da série, responsáveis por “Como Vender Drogas Online (Rápido)”, da Netflix, afirmam que o projeto é algo “muito especial” para eles.

“Por muito tempo, a série tem sido e continua sendo um projeto muito especial para nós. Estamos empolgados que o Disney+ ame essa história de amadurecimento tanto quanto nós e que agora tenhamos conseguido começar a filmar com um elenco e equipe tão incríveis”, disseram Philipp Käßbohrer e Matthias Murmann.

Assim, ultimamente, os filmes “de amadurecimento” da Disney estão fora de sintonia com o que os pais querem que seus filhos assistam. Eles frequentemente apresentam conteúdo com temas de bruxaria, sexo e violência. No ano passado, a empresa perdeu mais de $100 milhões em cada um dos seus filmes animados, “Light Year” e “Strange World”, que retratavam relacionamentos homossexuais.

Nesse sentido, Ted Baehr, presidente e fundador do Movieguide, está pedindo aos pais para solicitarem à Disney+ que cancele o lançamento de “Pauline” na plataforma, afirmando que não se pode permitir que esse tipo de conteúdo distorcido e perturbador corrompa os valores e crenças das crianças.



“Deixe-me ser claro. Pauline não é apenas mais uma peça de entretenimento. Horrivelmente, essa série até retrata Satanás como um parceiro romântico! Ao normalizar e promover esse relacionamento, Pauline envia uma mensagem perigosa aos jovens espectadores de que se associar com demônios, Satanás e o mal é aceitável e até desejável”, afirmou.

Sendo assim, Baehr disse que o MovieGuide está se unindo ao Citizen-go para impedir que a série seja lançada no Disney+. Ele afirma que eles devem agir agora e pedir à Disney que reconsidere sua decisão de lançar a série maligna. E informar os estúdios que ainda existem espectadores e pais criteriosos que não permitirão que esse conteúdo seja visto por seus filhos.

“Se for lançada, haverá milhões de jovens espectadores que podem considerar essa história distorcida e perturbadora como algo desejável e empolgante. A tentativa do programa de normalizar e até promover a associação demoníaca é uma clara tentativa de borrar as linhas da moralidade e tornar o mal desejável”, alertou Baehr.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

construtora-arco-iris-mar-mantem-obras-de-seus-empreendimentos-dentro-do-prazo

G1 Santos

Construtora Arco-Iris-Mar mantém obras de seus empreendimentos dentro do prazo

Com as obras em andamento de seus próximos edifícios residenciais dentro dos prazos estabelecidos, a Construtora Arco-Iris-Mar continua empenhada em demonstrar seu compromisso com o cronograma previamente apresentado aos clientes. Para a empresa, concluir suas construções até a data limite estabelecida é de suma importância. No momento, a construtora possui três obras em andamento na cidade de Praia Grande: os residenciais Jardim dos Cedros, Recanto das Figueiras e Jardim das […]

today1 de junho de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%