G1 Mundo

Dois advogados que defenderam Trump se declaram culpados na Justiça

today20 de outubro de 2023 8

Fundo
share close

Os dois afirmaram que protocolaram documentos falsos na Justiça. Esse é o processo que Trump responde no estado da Georgia, onde é acusado de tentar reverter o resultado da votação para presidente em 2020.




Trump vai à cidade de Atlanta, no estado da Geórgia, para ser fichado pela Justiça

Trump vai à cidade de Atlanta, no estado da Geórgia, para ser fichado pela Justiça

Nos últimos dias, duas pessoas que trabalharam como advogados para Donald Trump após as eleições de 2020 se declararam culpadas na Justiça de tentar reverter ilegalmente o resultado daquela votação.

Nesta sexta-feira, o advogado Kenneth Chesebro, que defendeu os interesses de Trump, se declarou culpado em um processo criminal que tramita no estado da Georgia. Ele vai ficar cinco anos em liberdade condicional e precisará pagar restituição de US$ 5.000 para a Justiça.

Na quinta-feira, uma outra advogada que trabalhou como defensora de Trump, Sidney Powell, também se declarou culpada.

Eles confessaram o crime de protocolar documentos falsos na Justiça. O julgamento dois dois estava marcado para começar na próxima segunda-feira.

Chesebro vai testemunhar contra Trump e outros 15 réus no caso.

Esse é o processo que tramita na Justiça do estado da Geórgia. Além desse, há quatro outros processos criminais que Trump enfrenta.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

hamas-liberta-duas-refens

G1 Mundo

Hamas liberta duas reféns

As reféns liberadas são Judith e Natalia Raanan, de Chicago. Elas estavam visitando parentes no kibutz de Nahal Oz, em Israel, quando foram sequestradas e levadas para Gaza. Judith e Natalie Raanan em foto sem data — Foto: Acervo Raanan vía AP Um porta-voz do Hamas afirmou ter libertado nesta sexta-feira (20) duas mulheres que estavam entre os 203 reféns do grupo terrorista. O governo de Israel confirmou as libertações, […]

today20 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%