G1 Santos

‘Don Juan’ procurado pela Justiça é preso no litoral de SP após aplicar série de golpes em mulheres

today25 de março de 2023 36

Fundo
share close

Um homem, de 37 anos, foi preso em Praia Grande, no litoral de São Paulo, após aplicar uma série de golpes de estelionato em mulheres com quem se relacionava. Conforme apurado pelo g1 neste sábado (25), Renato Kleber Ferreira da Silva, também conhecido como ‘Don Juan’ – apelido em referência à quantidade de companheiras -, costumava pedir ‘favores financeiros’ às vítimas durante os relacionamentos, mas fugia sem devolver o dinheiro logo na sequência.

Os crimes aconteceram em São Bernardo do Campo, no interior de São Paulo. O g1 apurou que, até o momento, três mulheres registraram boletins de ocorrência (BO) contra o suspeito, que estava foragido da Justiça – há um mandado de prisão preventiva. Ele foi detido na última sexta-feira (24), enquanto se ‘escondia’ em Praia Grande (SP).

O g1 apurou que, durante as investigações, policiais civis monitoraram a rotina de Renato Kleber na cidade da Baixada Santista. Na data da prisão, os agentes se dividiram em duas viaturas disfarçadas e se posicionaram em um viaduto no bairro Vila Antártica, onde o suspeito costumava passar de carro no período da manhã. A polícia apreendeu com o ele cartões bancários em nome de mulheres e um celular.



Após ser detido, o suspeito foi levado à Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Praia Grande, onde um BO sobre a prisão foi registrado. No fim da noite, o homem foi levado à cadeia pública de Santos, também no litoral paulista.

Suspeito foi levado da DIG de Praia Grande à cadeia pública de Santos (SP) — Foto: Leandro Sampaio/g1

O g1 apurou que Renato Kleber Ferreira da Silva costumava ‘seduzir’ as vítimas até ganhar a confiança delas. Depois, o ‘Don Juan’ passava a pedir diversos favores financeiros, como financiamentos de veículos, por exemplo. Ele fugia sem devolver o dinheiro ou fazer mais contatos.

Até a última atualização desta matéria, três mulheres registraram boletins de ocorrência contra o suspeito. Em entrevista à TV Tribuna, emissora afiliada à Rede Globo, porém, o delegado Marco Antônio do Couto, da DIG de Praia Grande, revelou acreditar que, com a divulgação da prisão, mais vítimas devem relatar os próprios casos à polícia.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cadela-magali-vence-o-cancer,-‘bate-o-sino’-e-tutores-fazem-carreata-para-comemorar-a-vitoria

G1 Santos

Cadela Magali vence o câncer, ‘bate o sino’ e tutores fazem carreata para comemorar a vitória

"Nosso maior medo eram as anestesias durante esses 18 dias. Mas a força do amor e das orações de todos nos trouxeram a vitória!", declarou a tutora de Magali, Thaís Câmara, de 27 anos. Antes de iniciar a radioterapia, Magali passou por cirurgia — Foto: Thaís Câmara As 18 sessões de radioterapia foram realizadas na capital. Elas começaram no dia 17 de novembro e terminaram em 12 de dezembro de […]

today25 de março de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%