Tocando:

Rádio 97Web

Donos de restaurantes processam estados e municípios por “lockdown”

Escrito por em 11 de junho de 2021

Os prefeitos e governadores de 26 estados mais o Distrito Federal estão sendo processados pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, a Abrasel, além dos 275 municípios em que tem associados.

A Abrasel entrou na Justiça com ações civis públicas para reivindicar a reparação dos governos em razão do lockdown, que acarretou perdas irreparáveis para os donos de negócios.

“O Estado impôs uma regra, o fechamento, e essa imposição trouxe perdas. Então, ele é responsável”, disse Paulo Solmucci, presidente da Abrasel em entrevista para o jornal Folha de S. Paulo, na última quinta-feira (10).

Solmucci também mencionou que o próximo passo será pôr em xeque a cobrança de impostos durante o confinamento.

Pessoas perderam seu sustento por causa do “fique em casa”

Segundo um recente estudo levantado pela Abrasel, cerca de 40% dos restaurantes especializados em comida a quilo fecharam em todo o país por causa da crise econômica provocada pelas medidas restritivas impostas por governos e municípios.

Ou seja, hoje o Brasil só conta com 120 mil estabelecimentos desse tipo, e antes da pandemia do coronavírus contava com cerca de 200 mil.

O isolamento também provocou que muitas pessoas que trabalhavam em escritórios ficassem de home office, assim o movimento dos estabelecimentos também diminuiu.

Os restaurantes self-service tinham grande procura antes da pandemia, porém atualmente eles têm menos de 10% do que costumavam ter, de acordo com a Abrasel.

A capital paulista também foi afetada, desde que a crise da Covid-19 começou no Brasil, 12 mil bares e restaurantes deixaram de existir.

Depois que as autoridades decretaram o lockdown, 400 mil pessoas em São Paulo perderam o seu emprego, antes, esse setor contava com 1,8 milhão de empregados.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *