G1 Santos

Efeito ciclone: litoral de SP tem alerta para temporal com rajadas de até 90 km/h, ressaca e frio

today13 de julho de 2023 8

share close

A Defesa Civil de São Paulo emitiu um novo alerta aos moradores da faixa litorânea do estado e reforçou a orientação para que as pessoas evitem se aproximar das praias, entrar no mar e navegar. A passagem de um ciclone extratropical no Sul do país já mudou o tempo na região, com o aumento da força dos ventos e agitação da maré.

A previsão é que, na tarde e noite desta quinta-feira (13), os reflexos do fenômeno sejam ainda mais notados por conta do temporal, rajadas de vento de até 90 km/h e ressaca.

Em relação à temperatura, de acordo com dados do Instituto Climatempo, a previsão é que temperatura mínima para os próximos dias chegue a 12ºC com uma sensação térmica ainda menor devido à umidade. A máxima cai para 21º C na sexta-feira (14).



A Marinha do Brasil também emitiu um alerta para os devidos cuidados no mar. As ondas que devem passar de 4 metros junto com a ventania devem afastar moradores e turistas da costa. A previsão é de que o tempo na região sofra com as consequências do ciclone até sábado (15).

Até ontem a região Sul estava sobre alerta vermelho do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). O litoral de SP será impactado pelos efeitos ainda nesta quinta-feira — Foto: Reprodução/Inmet

Os ciclones são sistemas de baixa pressão atmosférica que causam tempo adverso em grande escala, explica o meteorologista Bruno Bainy, do Centro de Pesquisas Meteorológicas da Unicamp. Segundo o meteorologista, são três os diferentes tipos de ciclones:

  1. Tropicais: também conhecidos como furacões ou tufões, eles se formam em regiões equatoriais, sobre os oceanos, e retiram sua energia do calor extraído dos mares;
  2. Extratropicais: se formam preferencialmente em latitudes médias, e são formados pelo contraste de temperaturas de diferentes massas de ar (quente e fria);
  3. Subtropicais: possuem características de ambos anteriores. Tipicamente, se formam quando um ciclone extratropical se desenvolve sobre o oceano, e encontra temperaturas na superfície do mar mais aquecidas.

O meteorologista da Climatempo, César Soares ressaltou que os ciclones são mais comuns do que imaginamos. Os extratropicais, por sua vez, são aqueles associados às frentes frias — regiões que demarcam o avanço de massas de ar.

“Então, toda vez que passa uma frente fria pelo Brasil, isso significa que a gente está sobre influência de um ciclone extratropical. Ele é extratropical porque ele se forma nos extratrópicos”, afirma.

Cronologia da passagem do ciclone

Ciclone extratropical — Foto: Reprodução/Regional and Mesoscale Meteorology Branch

Terça-feira (11): no litoral de SP, os primeiros alertas foram feitos para orientar a população sobre os reflexos da passagem do ciclone.

  • Quarta-feira (12): os ventos se intensificaram durante a tarde e a noite atingindo até 110 km/h no leste do Rio Grande do Sul e na parte de serrana do estado. A noite o tempo começou a mudar nas cidades do litoral de SP e novos alertas foram feitos.

  • Quinta-feira (13): a intensidade do ciclone se manteve no Rio Grande do Sul, mas começou a se deslocar, atingindo Santa Catarina, onde deve provocou ressaca na faixa litorânea. No litoral paulista, as rajadas de vento ficaram mais constantes, bem como o mar agitado.

  • Sexta-feira (14): uma massa de ar frio começa a atuar no Sul, com previsão de geada em vários pontos e temperaturas próximas a zero nas serras gaúcha e catarinense. É esperado um ganho de força da atuação do fenômeno no litoral de SP.

  • Sábado (15): os ventos passal pela costa do litoral de SP e chegam ao Rio de Janeiro com menor intensidade.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Santos

Homem incendeia casa após terminar namoro e liga para a ex perguntando se ela ‘gostou’ do que ele fez; VÍDEO

Um homem de 24 anos foi preso após furtar e incendiar a casa do padrinho da ex-namorada em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Conforme apurado pelo g1 nesta quinta-feira (13), o criminoso, que não aceitou o fim do relacionamento, ainda decapitou o papagaio da vítima. Segundo a Polícia Civil, enquanto a vítima registrava o Boletim de Ocorrência (BO), o ex mandou mensagens perguntando se ela havia gostado do que ele fez com a casa e com o papagaio. […]

today13 de julho de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%