G1 Mundo

Eleição presidencial no Irã irá ao 2º turno, anuncia Ministério do Interior

today29 de junho de 2024 5

Fundo
share close

Nenhum candidato obteve mais de 50% dos votos. Seguem na corrida eleitoral o legislador moderado Massoud Pezeshkian e o diplomata linha-dura Saeed Jalili.


Saeed Jalili, à esquerda, e Massoud Pezeshkian — Foto: ATTA KENARE / AFP



O Irã realizará um segundo turno das eleições presidenciais em 5 de julho, depois que nenhum dos principais candidatos obteve mais de 50% dos votos nas pesquisas de sexta-feira (28), informou o Ministério do Interior neste sábado (29).

A lei iraniana exige que o vencedor obtenha mais de 50% de todos os votos emitidos. Caso contrário, os dois principais candidatos da corrida avançam para um segundo turno uma semana depois.

Com mais de 24 milhões de votos contados, o legislador moderado Massoud Pezeshkian liderou com mais de 10 milhões de votos, à frente do diplomata linha-dura Saeed Jalili, com mais de 9,4 milhões de votos, de acordo com resultados provisórios divulgados pelo ministério.

O presidente do Parlamento, Mohammad Bagher Qalibaf, somou 3,3 milhões de votos e o clérigo xiita Mostafa Pourmohammadi obteve mais de 206 mil votos.

Mohsen Eslami, um porta-voz eleitoral, anunciou o resultado em uma conferência de imprensa transmitida pela TV nacional iraniana.

Presidente do Irã é sepultado

Presidente do Irã é sepultado




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

uniao-da-esquerda-pode-prejudicar-macron-e-dar-vitoria-a-direita-radical-nas-eleicoes-na-franca

G1 Mundo

União da esquerda pode prejudicar Macron e dar vitória à direita radical nas eleições na França

A Nova Frente Popular, criada no dia seguinte à dissolução do parlamento francês, e que une os partidos de esquerda na França, pôs por água abaixo a estratégia do centrista Macron e pode acabar facilitando ainda mais a vitória da direita radical de Marine Le Pen que lidera as pesquisas de opinião. O presidente contava com esse eleitorado dos partidos de esquerda para manter seus deputados e barrar a expansão […]

today29 de junho de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%