G1 Mundo

Eleições nos EUA 2024: deputado é primeiro político democrata a defender publicamente que Biden saia da disputa

today2 de julho de 2024 4

Fundo
share close

Em comunicado, Doggett disse que Biden deveria “tomar a difícil e dolorosa decisão de se retirar”.

“Reconhecendo que, ao contrário de Trump, o primeiro compromisso do presidente Biden sempre foi com nosso país, não com ele mesmo, espero que ele tome a difícil e dolorosa decisão de se retirar. Eu, respeitosamente, peço que ele faça isso”, disse o deputado.

A atitude de Doggett, que está em seu 15º mandato no Congresso americano, deu um passo além em relação ao burburinho que tomou o partido democrata desde a derrota de Biden no debate contra Donald Trump na última quinta-feira (27). Até então, membros do partido haviam se manifestado apenas em apoio ao presidente, apesar de diversos veículos americanos reportarem que a alta cúpula democrata planejava a portas fechadas um possível candidato para o substituir na corrida eleitoral.



O fraco desempenho de Biden causou pânico imediato até mesmo entre seus apoiadores mais fervorosos, levando muitos a questionar se o presidente, de 81 anos, seria o candidato democrata mais forte para enfrentar Trump em novembro.

A declaração de Doggett veio minutos após a ex-presidente da Câmara, Nancy Pelosi, também uma democrata, dizer à rede americana “MSNBC” que acredita ser “uma questão legítima” se o desempenho vacilante de Biden é apenas “um episódio ou uma condição.”

“Quando as pessoas fazem essa pergunta, é legítima — para ambos os candidatos”, disse Pelosi.

Pelosi disse que não havia falado com Biden desde o debate, mas enfatizou que o presidente está “no auge de suas capacidades, em termos de conhecimento das questões e do que está em jogo.”

O presidente dos EUA, Joe Biden, fala ao telefone acompanhado das netas, Natalie Biden e Finnegan Biden, e da esposa, a primeira-dama Jill Biden, em Camp David, em 30 de junho de 2024. — Foto: Evan Vucci/ AP

No domingo, a família do democrata também criticou a forma como a equipe da campanha preparou Biden para o confronto, de acordo com quatro pessoas próximas disseram à Associated Press.

Biden passou o domingo isolado com a primeira-dama, Jill Biden, e seus filhos e netos. A viagem havia sido previamente agendada para uma sessão de fotos com Annie Leibovitz para a próxima Convenção Nacional Democrata.

Mas a reunião familiar acabou sendo também um exercício para tentar descobrir como acalmar a ansiedade de membros e doadores do Partido Democrata que explodiu após o desempenho de Biden na quinta-feira (27).

Embora a família do presidente dos EUA estivesse ciente de como ele teve um desempenho ruim contra Donald Trump, eles também continuam a pensar que Biden é a melhor pessoa para derrotar o candidato republicano.

A esposa, os filhos e netos de Biden também acreditam que ele é capaz de exercer o cargo de presidente por mais quatro anos, segundo disseram pessoas próximas à Associated Press sob condição de anonimato.

Entre os mais expressivos no encontro, estavam a primeira-dama Jill Biden e o filho de Joe Biden Hunter, a quem o presidente costuma recorrer em busca de conselhos.

Ambos acreditam que o presidente não deveria desistir no momento em que é alvo de críticas e acham que ele pode se recuperar do que consideram um desempenho abaixo da média.

Eleição nos EUA: pesquisa indica insatisfação de eleitores com Biden após debate

Eleição nos EUA: pesquisa indica insatisfação de eleitores com Biden após debate

Já os membros da campanha de Biden passaram os dias desde o debate trabalhando para manter os doadores e a bordo enquanto os democratas questionavam cada vez mais se Biden deveria permanecer na corrida.

Mesmo antes do debate, a idade do presidente democrata de 81 anos já era uma questão para os eleitores, e o confronto no horário nobre pareceu reforçar as preocupações profundas do público diante talvez da maior audiência que ele terá nos quatro meses. até o dia da eleição.

Segundo a rede CNN Internacional, que fez o debate, mais de 51 milhões de pessoas assistiram ao debate.

Enquanto o presidente estava reunido com sua família, democratas proeminentes se reuniram para fazer uma demonstração pública de apoio à sua campanha no domingo.

“Não acredito que Joe Biden tenha problemas para liderar nos próximos quatro anos”, disse um aliado próximo, o deputado democrata James Clyburn, da Carolina do Sul. “Joe Biden deveria continuar concorrendo em seu histórico.”

O senador Raphael Warnock, democrata e batista da Geórgia, fez eco da mensagem de outros apoiadores de que Biden teve um mau debate, mas uma vida inteira de boa governação.

Warnock, como Clyburn e outros, centrou-se nas muitas mentiras de Trump durante o debate — lapsos que Biden e os moderadores do debate muitas vezes falharam em verificar os fatos no palco — incluindo sobre o ataque de 6 de janeiro de 2021 ao Capitólio por apoiadores de Trump, imigração e o resultado das eleições de 2020.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

avos-serao-pagos-para-cuidar-de-netos-na-suecia

G1 Mundo

Avós serão pagos para cuidar de netos na Suécia

Pela nova lei, os pais poderão transferir parte do seu generoso subsídio de licença-maternidade ou licença-paternidade para os avós da criança, se optarem por trabalhar fora nesse período. Segundo a Agência de Seguridade Social sueca, a medida permite a transferência de no máximo 45 dias para os avós, ou 90 dias em caso de mães ou pais solteiros. E os avós não podem estar trabalhando durante o período em que […]

today2 de julho de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%