Tocando:

Rádio 97Web

Eleições suplementares de Cajati, Apiaí e Itaoca são adiadas para agosto

Escrito por em 16 de junho de 2021

Este é o segundo adiamento desde o início do ano. Data do pleito foi remarcada devido ao agravamento da pandemia de Covid-19.

Em Cajati, as eleições estavam marcadas para ocorrer no dia 11 de abril, mas também foram adiadas por causa da pandemia — Foto: Divulgação/Prefeitura de Cajati

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) remarcou para o dia 1 de agosto a realização de eleições suplementares para prefeito e vice-prefeito em Apiaí, Cajati e Itaoca, cidades localizadas na região do Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. A data foi definida em sessão judiciária realizada de forma remota nesta semana.

As eleições suplementares em nove municípios estavam marcadas para 4 de julho mas, segundo o TRE-SP, a decisão do novo adiamento foi tomada devido a piora nos dados referentes a casos e internações por Covid-19 em todo o estado de São Paulo nas últimas semanas. Este é o segundo adiamento desde o início do ano.

O prazo para registro de candidatos foi encerrado em fevereiro, e só há exceção para o falecimento de candidato, quando a substituição poderá ser efetivada em até 10 dias contados do fato. Também ficam mantidas as mesas receptoras de votos e as juntas já designadas pelos juízos eleitorais competentes.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou o recurso do prefeito eleito de Cajati Lucival José Cordeiro (PSB), o ‘Vavá Cordeiro’, e manteve indeferido o registro de candidatura dele. Vavá foi o candidato mais votado à Prefeitura de Cajati, com 8.778 votos, nas eleições municipais de 2020.

Com essa nova decisão, em 1º de janeiro de 2021, o presidente eleito da Câmara de Vereadores de Cajati assumiu o cargo de prefeito, interinamente, até que ocorra uma nova eleição na cidade.

Em Apiaí, o candidato Donizetti Barbosa (PSD), vencedor das eleições com 6.260 votos (45,26% do total), teve a candidatura indeferida por improbidade administrativa.

O presidente da Câmara, Ricardo Assis (PP), está como prefeito interino da cidade. Nesse período, a presidente interina da Câmara Municipal é a vereadora Joseni Barbosa (Republicanos).

Em Itaoca, o candidato Frederico Dias Batista (PL) venceu as eleições com 1.637 votos (69,39% do total), mas também teve a candidatura indeferida por improbidade administrativa.

O presidente da Câmara, Eziquiel Fortes (PL), está como prefeito interino da cidade. Neste período, o presidente interino da Câmara Municipal é o vereador Cito (DEM).

VÍDEOS: as notícias mais vistas do G1

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *