G1 Santos

Elevador da passarela de acesso à travessia de barcas volta a operar após ser alvo de vandalismo em Santos

today3 de junho de 2023 26

Fundo
share close

O elevador da passarela de acesso à travessia de barcas entre Santos e Vicente de Carvalho, no litoral de São Paulo, voltou a funcionar nesta sexta-feira (2). O equipamento foi apedrejado na segunda-feira (29) e ficou inoperante durante a semana. A Autoridade Portuária de Santos (APS) efetuou um reparo provisório e conseguiu retomar o funcionamento do elevador, mas aguarda a chegada do equipamento definitivo.

A APS informou que o processo para a troca do equipamento quebrado foi aberto e segue o procedimento de compras públicas. Por isso, conforme a autoridade portuária, não há prazo para que a porta do elevador seja trocada por uma definitiva.

O ato de vandalismo ocorreu na madrugada de segunda (29), quando um homem de 18 anos apedrejou as portas de vidro do elevador próximo à Alfândega e fugiu. Segundo a APS, ele foi preso em flagrante após ser detido pela Guarda Portuária. O caso foi apresentado à Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Santos.



Após o apedrejamento, o elevador próximo à Alfândega ficou sem funcionar até os reparos paliativos nesta sexta-feira (2). Procurada pelo g1, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (SSP-SP) não retornou até a publicação desta reportagem.

Elevador da passarela de acesso à travessia de barcas é alvo de pedradas em Santos, SP — Foto: Reprodução

A passarela foi inaugurada em 16 de janeiro deste ano e, desde então, acumula reclamações dos passageiros. De acordo com os usuários, há falta de acessibilidade, principalmente, para idosos, gestantes, pessoas com crianças de colo, com dificuldade de locomoção e cadeirantes.

Passageiros de travessia de balsas entre Santos e Guarujá, SP, ficaram presos em elevador sem ventilação — Foto: Reprodução

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

dentista-preso-e-torturado-na-ditadura-militar-sera-indenizado-em-ate-r$-1,1-milhao:-‘vivemos-e-lutamos’

G1 Santos

Dentista preso e torturado na ditadura militar será indenizado em até R$ 1,1 milhão: ‘vivemos e lutamos’

Um dentista de Santos, no litoral de São Paulo, que foi preso e torturado durante a ditadura militar brasileira deverá ser indenizado em R$ 1,1 milhão pela União. Osmar Gomes da Silva, de 83 anos, entrou com o processo em 2007 e teve o direito concedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) 16 anos depois. Em entrevista ao g1 neste sábado (3), ele disse que o sentimento é de vitória […]

today3 de junho de 2023 20

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%