G1 Mundo

Em entrevista, Lula diz que Putin não será preso se vier ao Brasil

today10 de setembro de 2023 7

Fundo
share close

Em março, o Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu mandados de prisão contra Putin por crimes de guerra. Por ser signatário do acordo que criou o tribunal, o Brasil deveria cumprir os mandados caso o presidente russo viesse ao país.

Ao ser questionado se Putin seria chamado para participar da reunião do G20 no Brasil, Lula confirmou que o presidente russo receberá o convite.

“Eu acho que o Putin pode ir tranquilamente para o Brasil. Eu posso lhe dizer, se eu for o presidente do Brasil e ele for ao Brasil, não há por que ele ser preso”, afirmou.



“Ninguém vai desrespeitar o Brasil, porque tentar prender ele no Brasil é desrespeitar o Brasil. É preciso as pessoas levarem muito a sério isso”, continuou.

Lula lembrou que a próxima reunião do G20 acontecerá na Rússia. O petista disse que irá ao país para participar do encontro.

Ainda durante a entrevista, o presidente brasileiro afirmou que a Rússia invadiu a Ucrânia sem consultar ninguém e que o Brasil “é 100% contra a invasão da integridade territorial de qualquer país”.

Lula disse ainda que a guerra não é a solução e que o Brasil deseja participar dos esforços para a paz.

No comunicado final da cúpula, o grupo deixou claro que “o uso ou ameaça de uso de armas nucleares é inadmissível”, fazendo referência à atuação da Rússia no conflito.

“Em linha com a Carta das Nações Unidas, todos os Estados devem abster-se da ameaça do uso da força ou de buscar a aquisição territorial contra a integridade territorial e a soberania ou a independência política de qualquer Estado. O uso ou ameaça de uso de armas nucleares é inadmissível”, diz o comunicado.

A afirmação foi vista como surpresa, uma vez que havia dúvidas sobre uma manifestação em conjunto do grupo sobre a guerra, já que existem divergências dentro do G20 sobre o conflito na Ucrânia.

VÍDEOS: mais assistidos do g1




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-jogo-de-celular-que-atrai-dinheiro-e-apoio-para-a-resistencia-ao-regime-militar-de-mianmar

G1 Mundo

O jogo de celular que atrai dinheiro e apoio para a resistência ao regime militar de Mianmar

Ele criou um jogo de celular baseado em “acontecimentos reais” no país. O game é um sucesso e está arrecadando fundos para a resistência antimilitar — irritando aqueles que estão no poder. “Eles nunca cometeram um único crime nas suas vidas”, diz Ko Toot sobre o casal de amigos, detidos por apoiar o movimento pró-democracia. Ele não sabia o que tinha acontecido com o casal após a detenção. A BBC […]

today10 de setembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%