G1 Mundo

Em meio a risco de erupção vulcânica, Islândia evacua cidade após registrar mais de mil tremores de terra; vídeo

today11 de novembro de 2023 4

Fundo
share close

O Gabinete Meteorológico da Islândia informou, neste sábado (11), que havia um risco “considerável” de uma erupção na península de Reykjanes por conta do tamanho da intrusão subterrânea de magma e da velocidade com que se movia (Confira as regiões afetadas no infográfico abaixo).

“Não creio que demore muito para uma erupção, horas ou alguns dias. A probabilidade de uma erupção aumentou significativamente”, disse Thorvaldur Thordarson, professor de vulcanologia da Universidade da Islândia, à emissora estatal RUV.

A Agência de Proteção Civil da Islândia ordenou durante a noite a evacuação completa de Grindavik, uma cidade piscatória próxima, embora tenha enfatizado que não se tratava de uma evacuação de emergência.



Mais de mil tremores de terra

Os terremotos começaram no dia 25 de outubro, mas a frequência se intensificou nos últimos dias. Entre quarta-feira (8) e quinta-feira (9), foram registrados cerca de 1.400 tremores de terra. O mais forte deles foi de magnitude 4,8.

O aumento da atividade sísmica levou ao encerramento do spa geotérmico Lagoa Azul, uma das principais atrações turísticas do país.

Na região, as pessoas chegaram a pensar que um vulcão havia entrado em atividade (a Islândia tem mais de 130 vulcões).

Lava jorra e flui após a erupção de um vulcão na Península de Reykjanes — Foto: Reuters

A região de Reykjanes assistiu nos últimos anos a várias erupções em áreas despovoadas, mas acredita-se que o atual surto representa um risco imediato para a cidade, disseram as autoridades.

Reykjanes é um ponto quente vulcânico e sísmico a sudoeste da capital Reykjavik. Em março de 2021, fontes de lava irromperam espetacularmente de uma fissura no solo medindo entre 500 e 750 metros de comprimento no sistema vulcânico Fagradalsfjall da região.

A atividade vulcânica na área continuou durante seis meses naquele ano, levando milhares de islandeses e turistas a visitarem o local. Em agosto de 2022, ocorreu uma erupção de três semanas na mesma área, seguida por outra em julho deste ano.

O sistema Fagradalsfjall, que tem cerca de 6 km de largura e 19 km de comprimento, permaneceu inativo durante mais de 6.000 anos antes das recentes erupções.

*Esta matéria segue em atualização.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

ecstasy-contra-traumas:-como-guerra-na-ucrania-aumenta-apoio-por-liberacao-de-substancias-psicodelicas

G1 Mundo

Ecstasy contra traumas: como guerra na Ucrânia aumenta apoio por liberação de substâncias psicodélicas

Porém, desde a invasão da Ucrânia pela Rússia vem aumentando, entre os terapeutas ucranianos, o número de defensores do uso dessas substâncias na psicoterapia. Pois, com a guerra, aumentaram também os casos de doenças psíquicas graves. 👉 Psicoterapeutas confirmaram à DW que essas substâncias têm sido usadas com frequência cada vez maior, sobretudo no tratamento de soldados com transtorno de estresse pós-traumático (TEPT) devido aos combates no front. Especialistas pressionam […]

today11 de novembro de 2023 11

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%