Tocando:

Rádio 97Web

Escritores buscam parcerias para relançar livro que destaca a memória de Guarujá

Escrito por em 16 de junho de 2021

Intitulado “Os Homens da Ilha”, a obra tem 96 páginas e trata da história da Cidade passando por diversos aspectos, entre eles, a preservação da cultura caiçara

Três escritores de Guarujá estão em busca de parcerias para o relançamento do livro: “Os Homens da Ilha”. A obra trata da história de Guarujá nos mais variados aspectos como educação, cultura caiçara, escravidão e questão feminina. Os autores Wendel Alexsander Dalitesi Costa, 30 anos; Jordan Goes  Goes Paixão Bargas Santos, 25 anos, e Juliana Heloise Rosa Santos Silva, 25 anos, que se conheceram em um projeto voluntário, contam que o objetivo do livro é o de despertar a identidade do cidadão de Guarujá.

Com riqueza de detalhes, fruto de muitas pesquisas e levantamentos científicos, o material de 96 páginas aborda ainda a preservação da cultura caiçara. Lançado em março deste ano, o trio conseguiu, com recursos próprios, publicar por meio da Lei Aldir Blanc e imprimir cerca de 200 exemplares, que já se esgotaram. No entanto, a expectativa é conseguir apoio na impressão para um novo lançamento da obra, e assim atender estudantes da rede pública.

Rede municipal

Na última semana, o livro foi apresentado à Secretaria de Educação (Seduc). Para o secretário da pasta, “é um material muito rico e que pretendemos trabalhar com os alunos, no sentido de fortalecermos cada vez mais o sentimento de pertencimento de nossos estudantes com a Cidade onde moram e estudam”.

Conforme explica Jordan, com um novo lançamento de “Os Homens da Ilha”, o trio poderá acrescentar mais conteúdo à obra. “Agora com foco nos estudantes, queremos tornar o livro mais ilustrativo e mais didático, para que possamos atingir os mais variados níveis de ensino”, comenta ele, que é morador do Perequê e hoje estuda engenharia física na USP. “Sou descendente de caiçaras e posso dizer que a cultura caiçara está morrendo. Com os “Os Homens da Ilha”, desejamos fomentar a ideia de pertencimento, já que identificamos a falta de conhecimento da própria Cidade pelo seu próprio povo pelos seus moradores”. 

A ideia do livro surgiu em 2019. Mas antes, em 2017 os jovens já iniciavam a produção de artigos, que posteriormente renderam um documentário e até exposições. No começo deste ano, eles participaram da Semana Caiçara, evento da Secretaria Municipal de Cultura, onde cada um destacou a história de Guarujá com projetos individuais. Foi quando a assessora de Educação da Prefeitura, Lindaci Carvalho, identificou que eles poderiam se unir. “Eram trabalhos muito semelhantes, de certa forma estavam interligados, mas individuais”.

Wendel é morador do Perequê e formado em história pela USP. Em 2020, ele já rascunhava a obra, que mais tarde se chamaria “Os Homens da Ilha”. “O livro promove ainda um resgate da história de Guarujá, que tem grandes lacunas, pois descobrimos muitas coisas com através das nossas pesquisas”. 

Formada em administração de empresas, Juliana Heloise Rosa Santos Silva, conta que o livro demonstra a necessidade de mostrar a verdadeira história da Cidade. “Estudei na Escola Estadual Vicente de Carvalho e só depois de sete anos, após sair da escola, é que fui conhecer a história”.

Serviço

Quem quiser colaborar com a republicação de novos exemplares do livro, pode entrar em contato com Jordan, através do e-mail: jordan.santos@usp.br

The post Notícias first appeared on Prefeitura Municipal de Guarujá.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *