Tocando:

Rádio 97Web

Esposa de serial killer Lázaro diz que ele foi pregador da Palavra

Escrito por em 17 de junho de 2021

A companheira do serial killer do Distrito Federal, Lázaro Barbosa, afirmou não acreditar que ele esteja envolvido com rituais satânicos, já que seu parceiro “tinha em Deus” e era “grande pregador da Palavra”.

“Não acredito em nenhum ritual. Ele tinha uma fé em Deus muito grande. Foi até pregador da Palavra no presídio. Eu só vou acreditar que ele se envolveu mesmo nisso quando ele for pego e falar”, disse ela, que preferiu não ser identificada.

Lázaro tem uma filha de 2 anos com a mulher e estão juntos há 4 anos. Ela disse que ele é um bom pai, que ela seria a vida dele.

“É um bebê que, quase todos os dias, chama por ele. Isso me corta tanto [o coração]. Ela é muito apegada [ao pai]. É a vida dele. Está todo mundo arrasado”, disse.

A mulher também falou sobre como se sentiu com a sequência de crimes cometidos pelo companheiro, dizendo ainda que teme “receber a notícia [de] que ele morreu”.

“Se a gente tivesse a oportunidade de ir com a polícia para o meio do mato, para convencê-lo a se entregar. A gente não sabe o que aconteceu na mente e no coração dele. A ficha não caiu”, lamentou.

O serial killer é acusado de matar a tiros e facadas quatro pessoas de uma mesma família em Ceilândia, religião administrativa do DF, vizinha de Brasília, no início do mês de junho.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *