G1 Mundo

Ex-presidente Alberto Fernández é acusado de desvio de fundos na Argentina

today1 de março de 2024 10

Fundo
share close

Ele é acusado de ter contratado uma corretora e empresas privadas para intermediar a gestão de seguros em dependências oficiais durante seu governo. Juiz do caso ainda vai decidir se aceita ou rejeita a denúncia.


Presidente da Argentina, Alberto Fernández, durante reunião com Joe Biden em 29 de março de 2023 — Foto: Jonathan Ernst/REUTERS



O ex-presidente argentino Alberto Fernández foi acusado nesta quinta-feira (29) por suspeita de desvio de fundos, pela contratação irregular de seguros para funcionários públicos, informaram o juiz do caso e a imprensa local.

Fernández é acusado de ter contratado “uma corretora e empresas privadas” para intermediar a gestão de seguros em dependências oficiais durante seu governo, informou a agência oficial Telam.

Além do ex-presidente, que deixou o cargo em 10 de dezembro para o sucessor Javier Milei, também foram denunciados o ex-titular da empresa pública Nación Seguros Alberto Pagliano e o corretor Héctor Martínez Sosa, marido da secretária particular de Fernández, María Cantero.

O procurador federal Ramiro González afirmou que mais pessoas podem ser investigadas no futuro.

Agora, o juiz do caso deve decidir se aceita ou rejeita a denúncia. Ele informou à agência de notícias AFP que ainda não havia recebido o documento.

O ex-presidente peronista havia tentado se distanciar do escândalo e responsabilizado sua secretária.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

incendio-em-bangladesh-deixa-43-mortos-e-22-feridos

G1 Mundo

Incêndio em Bangladesh deixa 43 mortos e 22 feridos

A causa do incêndio no prédio de seis andares ainda é desconhecida, disseram os bombeiros. "Quebrei uma janela e pulei para me salvar", disse um dos sobreviventes. Voluntários carregam um cano de água enquanto bombeiros lutam contra as chamas no prédio em Daca, Bangladesh, em 29 de fevereiro de 2024. — Foto: Mohammad Ponir Hossain/Reuters Um incêndio em um prédio de seis andares em Daca, capital de Bangladesh, nesta quinta-feira […]

today1 de março de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%