G1 Mundo

Explosão provoca incêndio em plataforma de petróleo no Golfo do México

today7 de julho de 2023 3

Fundo
share close

A informação foi divulgada pelo presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador, em conferência. Ele indicou que há provavelmente quatro desaparecidos e que a empresa Pemex informará de tarde se há vítimas.


Um incêndio foi provocado por uma explosão em uma plataforma de petróleo no Golfo do México, chama de Nohoch Alfa Oil Platform, da empresa Pemex, nesta sexta-feira (7). A informação foi divulgada pelo presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador.



Ele indicou que há provavelmente quatro desaparecidos e que a empresa Pemex informará de tarde se há vítimas. A plataforma de petróleo – localizada há 80 km da costa de Ciudad del Carmen – foi evacuada, enquanto os bombeiros prestam serviços no local.

Alguns funcionários de outras plataformas de petróleo disseram à CNN México que as chamas podem ser vistas de diversos lugares.

Ainda não foi divulgado um balanço oficial sobre o incidente até a publicação desta matéria. Ou seja, a causa da explosão não foi definida até a última atualização.

Os trabalhadores entrevistados pela CNN também disseram que barcos foram usados para evacuar cerca de 180 trabalhadores do local.

*Essa matéria está em atualização

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

eua-eliminam-suas-ultimas-armas-quimicas

G1 Mundo

EUA eliminam suas últimas armas químicas

A destruição dos últimos foguetes remanescentes contendo o produto químico sarin, encerrará décadas de campanha pela destruição de um arsenal que ao fim da Guerra Fria totalizava mais de 30 mil toneladas. Armas químicas foram usadas pela primeira vez numa guerra moderna na Primeira Guerra Mundial, na qual se estima que essas munições tenham matado ao menos 100 mil pessoas. Apesar de posteriormente banidas pelo chamado Protocolo de Genebra, assinado […]

today7 de julho de 2023 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%