G1 Mundo

Família conta que telefone de brasileiro desaparecido em Israel foi atendido por voz que citou ‘Hamas’ e acredita em sequestro

today24 de outubro de 2023 9

Fundo
share close

Michel Nisembaum é de Niterói, está em Israel há 35 anos e mora na cidade de Sderot – perto da faixa de Gaza.




Itamaraty diz que brasileiro está desaparecido em Israel

Itamaraty diz que brasileiro está desaparecido em Israel

Informações de um relatório que a GloboNews teve acesso descreve o depoimento de familiares do brasileiro desaparecido em Israel. Michel Nisembaum é de Niterói, está em Israel há 35 anos e mora na cidade de Sderot – perto da Faixa de Gaza.

Segundo o depoimento, ele estava falando com um familiar no telefone no dia 7 de outubro, no primeiro dia do ataque do Hamas, pela manhã quando a ligação foi interrompida às 6h57. A filha dele tentou restabelecer o contato e às 7h24, a chamada foi atendida por uma voz masculina, que segundo o depoimento, falou ‘Hamas’ em árabe.

Os familiares acham que Michel foi sequestrado e citam como uma evidência um vídeo circulado pelo Hamas exibindo pertences de israelenses sequestrados. Nessas imagens, seria possível identificar a carteira de Michel. O brasileiro tem duas filhas e cinco netos em Israel.

Família conta que telefone de brasileiro desaparecido em Israel foi atendido por voz que citou ‘Hamas’ e acredita em sequestro — Foto: Jornal Nacional/ Reprodução

Itamaraty é comunicado sobre mais um brasileiro desaparecido em Israel

A família de Michel Nisembaum, de 59 anos, foi quem alertou as autoridades sobre o desaparecimento. Segundo o Embaixador do Brasil em Israel, Frederico Meyer, o Itamaraty foi comunicado pela Interpol no domingo (22) sobre o assunto, mas ainda não há detalhes sobre a data do último contato e onde Nisenbaum estava em Israel.

O Itamaraty informou que Michel tem dupla cidadania e é o único brasileiro que o governo trata como desaparecido no momento.

Com o novo nome, a contagem oficial do governo é a seguinte:

  • 3 brasileiros mortos em Israel: Ranani Glazer, Bruna Valenu e Karla Stelzer;
  • 3 israelenses com ascendência brasileira mortos em Israel: Gabriel Yishay Barel, Celeste Fishbein e um terceiro sem identificação
  • 1 brasileiro-israelense desaparecido: Michel Nisembaum

Cartazes em Tel Aviv mostram reféns do Hamas — Foto: REUTERS/Ammar Awad

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!

http://g1.globo.com/

http://g1.globo.com/




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

criminosos-montam-emboscada-e-matam-13-policiais-no-mexico

G1 Mundo

Criminosos montam emboscada e matam 13 policiais no México

Agentes de segurança foram mortos a tiros nesta segunda-feira (23), no país. Região é conhecida pela violência e disputa de facções pelo controle do tráfico. Carro da Guarda Nacional do México, em janeiro de 2023 — Foto: AP Photo/Christian Chavez Uma emboscada provocou a morte de 13 policiais no México, nesta segunda-feira (23), segundo as autoridades locais. O crime aconteceu no estado de Guerrero, no sul do país. As autoridades […]

today24 de outubro de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%