Gospel Prime

Família cristã que fugiu da Alemanha pode ser deportada após 15 anos

today28 de setembro de 2023 2

Fundo
share close

Uma família alemã que fugiu para os Estados Unidos há mais de 15 anos depois de receber multas de milhares de dólares por educar seus filhos em casa pode ser deportada. Segundo a Associação de Defesa Legal para Educação Domiciliar, que os representa, no dia 6 de setembro a família Romeike foi informada pelo Escritório de Imigração e Alfândega local que eles têm quatro semanas para deixar o país.

Em 2008, a família imigrou para os Estados Unidos depois de sofrer assédio do governo alemão devido à decisão de educar seus filhos em casa. Os Romeike enfrentaram anos de batalhas legais nos EUA, pois autoridades de imigração argumentaram que eles não atendiam aos parâmetros para receber asilo.

A educação domiciliar é proibida na Alemanha, e os pais que se recusam a enviar seus filhos para a escola podem enfrentar multas, prisão ou até mesmo perder a custódia de seus filhos. A decisão de educar em casa veio da preocupação crescente de que o conteúdo do currículo das escolas públicas alemãs, particularmente elementos anticristãos e sexuais, ameaçava prejudicar seus filhos.

Inicialmente, o governo federal dos EUA concordou em não deportar a família. Embora o Departamento de Segurança Interna tenha concedido asilo à família Romeike, as autoridades revogaram a decisão, e a família recebeu status de ação adiada indefinida em 2014, após anos de batalhas legais.

De acordo com The Christian Post, durante a última década, a família se apresentou regularmente no escritório local do ICE e foi autorizada a trabalhar e a educar seus filhos em casa. A decisão do ICE de deportar a família, foi anunciada durante um check-in de rotina e pegou o casal e seus sete filhos de surpresa, dois dos quais agora são adultos e casados.



“A família Romeike deve poder permanecer nos Estados Unidos e educar seus filhos em casa. A América é uma terra de liberdade e oportunidade, e poucas liberdades ou oportunidades são mais importantes do que a capacidade dos pais de dirigir com segurança a educação de seus próprios filhos, sem medo de punição ou perseguição”, disse o presidente da HSLDA, Jim Mason.

Além disso, o pai, Uwe Romeike, disse em uma entrevista que ser forçado a voltar para a Alemanha seria desastroso. Em maio de 2013, um painel de três juízes do Tribunal de Apelações do Sexto Circuito dos EUA decidiu unanimemente contra a família Romeike, argumentando que eles não estavam sendo perseguidos por suas crenças.

“Há uma diferença entre a perseguição de um grupo específico e o processamento daqueles que violam uma lei de aplicação geral. Como a Junta de Apelação de Imigração encontrou de forma admissível, as autoridades alemãs não selecionaram especificamente os Romeike ou os educadores em casa em geral para perseguição”, dizia parte da opinião do painel.

Por fim, em 2014, vários meses depois que a Suprema Corte dos EUA se recusou a ouvir um recurso no caso, o Departamento de Segurança Interna dos EUA concedeu à família Romeike um status especial que permitiu que eles permanecessem no país.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

movimento-de-oracao-quer-alcancar-geracao-z,-nos-eua

Gospel Prime

Movimento de oração quer alcançar geração Z, nos EUA

O “See You at the Pole” (SYATP) é um movimento anual de oração liderado por estudantes, no qual os alunos se reúnem para orar na quarta quarta-feira de setembro. O ministério global espera alcançar a Geração Z, que se afastou de Deus, desafiando os estudantes a vê-Lo com seu “coração inteiro” ao participarem de um momento de oração ao redor da bandeira de sua escola. O evento remonta a 1990, quando […]

today28 de setembro de 2023 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%