G1 Mundo

Foguetes do Líbano atingem Israel após polícia israelita atacar fiéis em mesquita de Jerusalém

today7 de abril de 2023 6

Fundo
share close

Israel e Líbano permanecem tecnicamente em guerra após vários conflitos. A fronteira entre os dois países é monitorada pela Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FINUL), que tem o objetivo de garantir o cessar-fogo.

O exército israelense informou que 34 foguetes foram disparados nesta quinta-feira a partir do Líbano: 25 foram interceptados pela defesa antiaérea e pelo menos cinco atingiram o território israelense.

Antes do ataque, as sirenes de alerta foram acionadas nas cidades de Shlomi e Moshav Betzet, assim como na região da Galileia, norte de Israel.



Nenhum grupo reivindicou os ataques até o momento. O lançamento anterior de foguete a partir do Líbano contra Israel havia acontecido em abril de 2022.

A Agência Nacional de Informação do Líbano noticiou que a artilharia israelense lançou “vários projéteis a partir de suas posições na fronteira” contra duas localidades do sul do Líbano.

A agência, que não divulgou um balanço de vítimas, afirmou que os bombardeios foram uma resposta ao lançamento de “vários foguetes do tipo Katyusha” contra Israel.

Um porta-voz militar israelense negou as informações e disse que o exército “não respondeu até o momento”.

O ataque com foguetes aconteceu em um momento de grande tensão, depois da intervenção da polícia na Esplanada das Mesquitas de Jerusalém.

“A situação no momento é extremamente grave. A FINUL pede contenção para evitar uma escalada ainda maior”, afirmou a FINUL.

Em Fassouta, uma cidade no norte de Israel, um jornalista da AFP observou os destroços de um foguete em uma estrada.

Em Shlomi, outra equipe da AFP observou lojas atingidas pela explosão de um foguete.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, está recebendo “atualizações contínuas sobre a situação de segurança e avaliará o cenário com os comandantes das forças de segurança”, anunciou seu gabinete.

De acordo com os serviços de emergência, um homem de 19 anos foi ferido por estilhaços e uma mulher sofreu ferimentos leves.

O ministro da Defesa, Yoav Gallant, foi informado sobre o que aconteceu na fronteira norte, segundo um porta-voz.

– Confrontos na Esplanada -Israel recebeu muitas críticas internacionais depois de uma operação da polícia na madrugada de quarta-feira para retirar, com violência, fiéis palestinos da Esplanada das Mesquitas de Jerusalém, o terceiro local sagrado do islã.

A intervenção, que terminou com 350 detidos segundo a polícia e 37 feridos de acordo com o Crescente Vermelho palestino, provocou o aumento dos lançamentos de foguetes a partir de Gaza e de bombardeios israelenses.

O incidente aconteceu durante as celebrações da Páscoa judaica e do mês muçulmano do Ramadã.

O Hezbollah, influente movimento libanês e pró-Irã, que tem um braço armado, afirmou que apoiará todas as medidas das organizações palestinas contra Israel após os confrontos.

O Hezbollah, inimigo de Israel, tem boas relações com o movimento islâmico Hamas, que governa a Faixa de Gaza, e com a Jihad Islâmica palestina.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

israel-ataca-faixa-de-gaza-em-resposta-a-misseis-disparados-a-partir-do-libano

G1 Mundo

Israel ataca Faixa de Gaza em resposta a mísseis disparados a partir do Líbano

Esses conflitos mais recentes começaram depois que a polícia israelense invadiu um local sagrado para os muçulmanos (veja mais abaixo). Os judeus estão no meio das celebrações do feriado da Páscoa, e os muçulmanos, no mês sagrado do Ramadã. Em 2021, uma situação semelhante acabou descambando para uma guerra de 11 dias entre Israel e o Hamas, que controla Gaza. Foguetes disparados do Líbano atingem norte de Israel Antes de […]

today6 de abril de 2023 8

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%