Tocando:

Rádio 97Web

Gavião ameaçado de extinção é encontrado ferido e resgatado em Praia Grande, SP

Escrito por em 8 de abril de 2021

Gavião-asa-de-telha é uma espécie em risco de extinção. Animal foi encontrado com um ferimento na asa, no bairro Tupi, e foi resgatado pela Guarda Ambiental.

Moradores encontraram o animal ferido por volta das 7h30 desta quinta-feira (8), em Praia Grande, SP. — Foto: Ana Paula Magri Moreira

Um gavião-asa-de-telha foi encontrado ferido, na manhã desta quinta-feira (8), em Praia Grande, no litoral paulista. O animal foi resgatado pela Guarda Ambiental do município. Ele será levado para a organização Aiuká para atendimento e reabilitação.

A moradora Ana Paula Magri Moreira, de 45 anos, conta que o marido dela estava saindo para trabalhar, por volta das 7h30, quando avistou o animal na calçada da rua Apinajés, no bairro Vila Tupi. Ele chamou a esposa para ver o animal. “Quando chegava alguém perto do gavião, ele virava e colocava as patas para cima, preparando as garras”, conta ela.

Ana ligou para o Corpo de Bombeiros e foi informada que era necessário chamar a Zoonoses ou acionar a Guarda Civil Municipal (GCM). A moradora, porém, resolveu acionar um vizinho, que é cadastrado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) para cuidar de aves silvestres em sua residência.

Ele verificou que se tratava de um gavião com ferimentos na asa e tentou ajudar o animal, mas acabou sendo ferido pela ave. Em seguida, ele acionou a Guarda Ambiental, que foi até o local.

Gavião asa-de-telha encontrado por moradores do bairro Tupi, em Praia Grande, SP, tinha ferimento na asa e não conseguia voar. — Foto: Ana Paula Magri Moreira

A bióloga e veterinária Ana Carolina da Silva Monteiro, ouvida pelo G1, explica o gavião-asa-de-telha é comum no litoral de São Paulo e que a espécie está em risco de extinção. Segundo a bióloga, ao encontrar animais silvestres feridos, a orientação é acionar a GCM ou a Polícia Ambiental para resgate imediato do animal.

Ana Carolina ainda esclareceu que não se deve chegar perto da espécie ou tocá-la, mesmo que esteja ferida, e nem alimentar o animal, devendo apenas aguardar a chegada da equipe de resgate, que realizará os procedimentos necessários.

Por meio de nota, a Prefeitura de Praia Grande informou que o Setor Ambiental (Sepam) da Guarda Civil Municipal foi acionado pelos moradores para resgatar a ave. O animal não tinha ferimentos aparentes, parecendo apenas estar atordoado por, provavelmente, ter se chocado em alguma estrutura. O animal deve ser encaminhado para a Aiuká, organização parceira da GCM nas questões ambientais da Cidade, para passar por avaliação médica e reabilitação, se necessário.

Animal foi resgatado por equipe da Guarda Ambiental de Praia Grande, SP. — Foto: Ana Paula Magri Moreira

VÍDEOS: G1 em 1 Minuto Santos

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *