G1 Santos

HD-PRÉ e AR Engenharia analisam estratégias e desafios na construção civil

today23 de outubro de 2023 2

Fundo
share close

Isto tem impulsionado uma onda de experimentação e reavaliação, onde novas técnicas construtivas, materiais sustentáveis e abordagens colaborativas estão emergindo. Estas mudanças, apesar de inicialmente desafiadoras, estão abrindo caminho para uma era de construção mais inteligente, eficiente e consciente, reafirmando o potencial dinâmico desta indústria milenar.

Desafios na gestão da mão de obra

Um dos maiores desafios identificados por líderes do setor é a escassez e a gestão da mão de obra. Alan Reis, da empresa AR Engenharia, enfatiza a estratégia de pessoas como um pilar fundamental.



“Os recursos humanos são uma parte crucial de todos os projetos de construção. A comunicação é um dos fatores mais importantes para que toda a equipe trabalhe de forma produtiva em prol de um único objetivo, qualidade e prazo”, ressaltou Alan Reis.

Alan Reis, responsável pela AR Engenharia — Foto: Divulgação

Por outro lado, a HD-PRÉ vê a industrialização como uma solução possível para este desafio. Através da implementação de equipamentos industriais nos processos construtivos, a eficiência e a agilidade são aprimoradas, reduzindo a dependência da mão de obra manual.

“Unindo agilidade, processos de segurança e qualidade altamente rígidos, a indústria de pré-fabricados consegue fazer bem mais com menos e com resíduo zero, o que a classifica como uma das áreas produtivas de maior crescimento não só no Brasil, como no mundo”, apontou a empresa.

O compromisso com a sustentabilidade

A sustentabilidade tornou-se uma prioridade não apenas para os consumidores, mas também para as empresas de construção. Alan Reis e HD-PRÉ destacam-se por seu compromisso em reduzir o impacto ambiental.

Ambas as empresas estão adotando práticas sustentáveis, como controle rigoroso de descarte de resíduos, treinamento intensivo de equipe e promoção de construção pré-fabricada para minimizar resíduos.

A HD-PRÉ ressalta que a construção pré-fabricada pode resultar em “até 90% de diminuição de resíduos”, posicionando a indústria de pré-fabricados como um modelo para sustentabilidade.

A tecnologia tem revolucionado diversos setores, e a construção civil não é exceção. Alan Reis afirma que a utilização de aplicativos de acompanhamento e a adoção de ferramentas modernizadas podem melhorar a eficiência do trabalho.

As ferramentas modernizadas, que vão desde maquinário mais eficiente até software de design e simulação, otimizam processos que antes eram manuais e demorados. Por exemplo, um andaime com elevação mecânica, como mencionado por Alan, pode reduzir significativamente o tempo gasto em tarefas de montagem, permitindo que os trabalhadores se concentrem em outras atividades mais cruciais.

A combinação dessas inovações tecnológicas resulta em projetos concluídos mais rapidamente, com maior precisão e menos desperdício de recursos.

Além disso, essa integração tecnológica proporciona uma melhor comunicação entre as equipes, evitando mal-entendidos e erros que podem resultar em retrabalhos caros.

Empresas reduzem custos e emissões prejudiciais ao meio-ambiente — Foto: Divulgação/HD-PRÉ

Redução de custos, emissões e desperdícios

A HD-PRÉ, visando minimizar o impacto ambiental da construção, investe em tecnologias inovadoras. Uma peça-chave dessa inovação é a mini usina de concreto, que são mais compactas do que as tradicionais, e desenvolvidas para suprir as demandas pontuais de um projeto, produzindo concreto no local da obra. Esse método reduz custos e emissões, ao mesmo tempo em que minimiza desperdícios.

Em paralelo, a empresa tem enfatizado o uso de formas metálicas, abandonando as convencionais de madeira. Essas formas, além de serem mais duradouras e precisas, são eco-eficientes. A sua utilização não só resulta em concreto de melhor qualidade, mas também combate o desmatamento, contribuindo ativamente para a preservação do meio ambiente.

Construinova Litoral 2023

Ambas as empresas promovem uma revolução no setor de construção civil para os próximos tempos. A combinação de práticas mais sustentáveis, tecnologia avançada e talvez uma inclinação maior para a industrialização pode redefinir como vemos a construção civil.

A HD-PRÉ e AR Engenharia são apoiadoras e participantes no Construinova Litoral 2023, o maior marco de inovação na Construção Civil do Litoral de São Paulo.

Este evento visa reunir as mentes mais criativas e visionárias do setor, e a presença dessas duas empresas ressalta o compromisso com a inovação da construção civil, demonstrando não apenas sua capacidade técnica, mas também uma disposição em liderar e moldar o futuro da indústria regional e nacional.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mais-de-8-mil-pessoas-participam-do-1o-festival-do-torresmo-no-forte-itapema

Prefeitura de Guarujá

Mais de 8 mil pessoas participam do 1º Festival do Torresmo no Forte Itapema

Ao todo, duas toneladas de alimentos foram arrecadadas; evento foi o primeiro a ocorrer no Forte do Itapema após a revitalização do entorno Sete dias de gastronomia, música boa e cerveja artesanal: a 1ª edição do Festival de Torresmo e Cerveja foi encerrada com mais de 8 mil visitantes e duas toneladas de alimentos arrecadadas. A programação ocorreu no Forte da Vera Cruz de Itapama (Forte do Itapema), durante o […]

today23 de outubro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%