G1 Santos

Homem que teve mão decepada após violentar missionária é preso por tentar estuprar neta da esposa; VÍDEO

today29 de junho de 2024 2

Fundo
share close

Conforme registrado em boletim de ocorrência (BO), os novos crimes aconteceram na Rua Paulo Agostinho da Silva, no bairro Vila Zilda. A menina de 11 anos sofreu um corte superficial no braço e, após ser encaminhada a uma unidade de saúde na cidade, recebeu alta.

Em depoimento aos policiais, a criança de 11 anos afirmou que estava em casa com uma amiga, de nove, quando Eduardo apareceu e as chamou para “pegar bala” na residência dele. O homem, de acordo com o registro policial, é vizinho dela e marido da avó da colega mais nova.

Ainda segundo o BO, as duas meninas foram até a casa de Eduardo, que deu balas para elas, mas em seguida as “puxou” para o banheiro. Conforme registrado no documento, o homem aplicou um golpe de estrangulamento nas duas ao mesmo tempo, uma em cada braço, e depois pegou uma faca.



Eduardo Pereira Neves, de 48 anos, foi preso após esfaquear criança em Guarujá (SP). — Foto: Divulgação/ Polícia Civil

De acordo com o BO, Eduardo ordenou para que a menina mais nova, neta da esposa dele, tirasse as roupas. A criança, porém, disse que não e começou a chorar. O suspeito, segundo o documento policial, tentou levantar a blusa dela, que pediu para que ele parasse.

Conforme relatado pelas vítimas às autoridades, Eduardo teria ainda tirado do bolso quatro frascos “com pó branco” que foram jogados na pia. Ele teria socado as vítimas na sequência, no momento em que a mais nova conseguiu sair correndo da casa e pedir socorro.

Segundo o relato da menina de 11 anos, o suspeito usou a faca para atacá-la. Neste momento, de acordo com ela, um vizinho que ouviu os gritos de socorro apareceu no local e encontrou a amiga, de nove anos, na rua.

O vizinho, de 37 anos, chegou a segurar Eduardo pela camisa, mas não conseguiu evitar que a menina, de 11, fosse esfaqueada no braço.

Homem é preso por esfaquear e tentar estuprar duas crianças em Guarujá (SP)

Homem é preso por esfaquear e tentar estuprar duas crianças em Guarujá (SP)

Segundo o BO, uma equipe da Polícia Miliar foi acionada para a ocorrência e encontrou moradores na frente da casa de Eduardo. O grupo xingava o suspeito, que estava no piso superior da residência. Desta forma, familiares de Eduardo deram a chave do imóvel aos agentes, que entraram no local.

Conforme registrado pela PM, os policiais encontraram “muito sangue e objetos destruídos” na residência. O fogão estava aceso e, segundo o BO, seria usado para bloquear o acesso à casa, enquanto Eduardo estava trancado em um quarto com uma faca na mão.

O suspeito largou o objeto e abriu a porta do cômodo após uma conversa com os policiais. Questionado, ele disse que foi linchado pela população, mas negou ter praticado o estupro, dizendo que era casado.

Eduardo foi encaminhado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser avaliado e, em seguida, conduzido ao Distrito Policial Sede de Guarujá, onde foi preso em flagrante.

De acordo com o BO, a vítima de 9 anos não compareceu na delegacia. A faca foi apreendida e o caso foi registrado como tentativa de estupro contra vulnerável e tentativa de homicídio.

Em setembro de 2010, Eduardo invadiu uma igreja evangélica em Limeira (SP), estuprou uma missionária, de 48 anos, e a ameaçou de morte caso o denunciasse. Ele estava acompanhado de outro homem, que deu cobertura para o crime. A dupla fugiu com R$ 500, dois celulares e um relógio.

Dois dias após o crime, Eduardo voltou para se vingar da vítima, que havia registrado um BO. Ele entrou no templo com um facão, mas fugiu ao ser surpreendido por um vigia. No entanto, acabou sendo perseguido por fiéis e vizinhos da igreja, que tentaram linchá-lo. Durante a ação, ele teve a mão esquerda decepada. Ele foi detido em sequência.

“Ficou quase dez anos preso, de 2010 até 2020. Agora novamente cometeu esse delito”, afirmou o delegado de Guarujá, Wagner Camargo.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

mulher-e-estuprada-por-homem-em-viela-enquanto-segura-filho-de-3-anos-no-colo

G1 Santos

Mulher é estuprada por homem em viela enquanto segura filho de 3 anos no colo

Uma mulher, de 27 anos, foi estuprada por um homem enquanto segurava o próprio filho, de três, no colo. Conforme registrado em Boletim de Ocorrência (BO), obtido pelo g1 neste sábado (29), a vítima foi abordada pelo homem, ainda não identificado, com um punhal na mão. O suspeito é acusado de puxar a mãe com a criança pelos cabelos até uma viela em Mongaguá (SP), onde teria cometido o crime. […]

today29 de junho de 2024 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%