Tocando:

Rádio 97Web

Idoso tem caminhonete furtada e recebe pedido de resgate de R$ 8 mil: ‘Meu sustento’

Escrito por em 29 de dezembro de 2020

Furto ocorreu em Bertioga, no litoral paulista. Depois de anunciar o furto da caminhonete nas redes sociais, ele começou a receber pedido de resgate para reaver o veículo.

Idoso teve a caminhonete furtada em frente a sua casa, em Bertioga, SP — Foto: Arquivo pessoal/João dos Santos Celestinho

Um idoso de 68 anos relata ter recebido um pedido de resgate no valor de R$ 8 mil para recuperar sua caminhonete furtada, em Bertioga, no litoral de São Paulo. João dos Santos Celestinho, conhecido como Swat, chegou a negociar com suspeitos, mas acredita na possibilidade de ter caído em um trote. A Polícia Civil investiga o caso.

Ao G1, o mecânico e soldador industrial contou que o veículo foi furtado em frente a sua residência, na Rua Maria Benzedeira, no bairro Albatroz, durante a madrugada de segunda-feira (28).

“Eu cheguei 1h45 e a estacionei na rua, no mesmo lugar de sempre. Entrei em casa, tranquei o portão e fui dormir. Às 6h, levantei para ir trabalhar e, quando olhei para fora, não estava mais lá”, diz ele.

João demorou alguns instantes para entender que o veículo havia sido levado. Dentro dela, além dos documentos dele, estavam todas as ferramentas que ele utilizava para trabalhar. Por isso, ele teve que interromper as suas atividades. “Eu trabalho com ela, é meu instrumento de trabalho”, desabafa.

Ele fez um boletim de ocorrência na Delegacia Sede de Bertioga e anunciou o caso nas redes sociais. Depois disso, João passou a receber pedidos de resgate, por meio de um aplicativo de mensagens. “Eles [suspeitos] pediram R$ 8 mil logo de cara. Me disseram que haviam comprado de outra pessoa”, explica. Depois de algum tempo de negociação, os suspeitos baixaram o valor.

“Pediram R$ 500 de tanto eu reclamar que não tinha condições de pagar aquela quantia porquê eu não tenho. Me mandaram pagar o resgate, que me devolveriam a caminhonete. Pedi para que me enviassem uma foto da caminhonete para ver se ela era mesmo, mas não me mandaram. Pode até ser trote”, afirma João.

Ele conta que até pensou em pedir o dinheiro emprestado mas, ao conversar com familiares, decidiu não fazer o depósito, devido a suspeita de golpe. “Eu não sei nem o que vou fazer. Não posso trabalhar porque estou sem as minhas ferramentas. Estou com 68 anos, essa é a única coisa que eu tenho para me locomover. É o meu sustento. Se eu não consegui-la de volta, estou na roça”, desabafa o idoso.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Bertioga como furto e está sob investigação da Polícia Civil. Segundo João, as conversas serão levadas até à polícia para que as autoridades tentem localizar os possíveis autores do crime.

Newsletter G1Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Continue lendo