Gospel Prime

Igreja vai à Justiça para deixar Igreja Metodista por causa de agenda gay

today22 de dezembro de 2022 18

Fundo
share close

Uma congregação da Igreja Metodista Unida que teve seu voto de desfiliação negado e pastor suspenso por um órgão regional, entrou com uma ação judicial para garantir o controle da propriedade. A ação busca uma declaração de que a UMC não tem qualquer interesse na propriedade da Igreja de Jonesboro.

“A Igreja Jonesboro passa agora a ter um título silencioso de propriedade e busca uma sentença declaratória desta Corte afirmando que os Réus não têm qualquer direito, título ou interesse em sua propriedade real ou pessoal de acordo com uma suposta cláusula de confiança ou garantia equitativa”, dizia parte da ação.

Segundo The Christian Post, os réus nomeados na ação incluem o Conselho de Administração da Conferência do Arkansas UMC, a Conferência do Arkansas como um todo e outras pessoas anônimas, descritos no processo como “John Does”.

“O Peticionário desconhece os verdadeiros nomes e capacidades, sejam eles individuais, associados e corporativos ou não, dos Réus aqui processados como anônimos, cada um deles, e portanto processa esses Réus por tais nomes fictícios”, acrescentou a reclamação.

Nesse sentido, em 31 de julho, a Primeira UMC votou para deixar a denominação protestante principal, com 69% dos votos de seus 1.300 membros sendo a favor, se unindo assim a centenas de outras congregações nos Estados Unidos que deixaram a UMC, devido ao seu debate interno sobre questões LGBT.



No entanto, durante uma reunião em novembro, a Conferência UMC Arkansas rejeitou o pedido de desfiliação da Primeira UMC, mas aprovou os votos de desfiliação de 35 outras congregações. Além disso, a conferência também rejeitou os pedidos de desfiliação da Primeira Igreja Metodista Unida de Cabot e de Searcy.

“As três igrejas que não receberam a ratificação por desfiliação , têm a opção de reiniciar o processo ou se submeter novamente à próxima sessão convocada, cuja data ainda não foi oficialmente anunciada”, declarou a conferência.

Por fim, logo após a rejeição do pedido de desfiliação, a congregação de Jonesboro realizou uma reunião em 15 de dezembro, na qual mais de 600 membros votaram novamente a favor da desfiliação da UMC. Em resposta, o órgão regional suspendeu o Primeiro Pastor Sênior da UMC, John Miles, por realizar a reunião de 15 de dezembro.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

explosao-em-transformadores-gera-fumaca-e-causa-falta-de-energia-em-santos,-sp

G1 Santos

Explosão em transformadores gera fumaça e causa falta de energia em Santos, SP

Uma explosão em dois transformadores no prédio da Prodesan, no bairro do Gonzaga, em Santos, no litoral de São Paulo, na manhã desta quinta-feira (22), gerou muita fumaça e falta de energia. Segundo apurado pelo g1, o prédio precisou ser evacuado. A interrupção elétrica também paralisou o Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT). O prédio da Prodesan (Progresso e Desenvolvimento de Santos ) fica localizado na Praça dos Expedicionários, 10, no […]

today22 de dezembro de 2022 37

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%