G1 Mundo

Irmã André, ‘a pessoa mais velha do mundo’, morre aos 118 anos

today17 de janeiro de 2023 9

Fundo
share close

Nesta terça-feira (17), a freira francesa irmã André, a pessoa mais velha do mundo, faleceu aos 118 anos em sua casa de repouso em Toulon, sul da França. Lucile Randon nasceu em 11 de fevereiro de 1904 na cidade de Alès.

“Ela morreu às 2h da manhã [enquanto dormia]”, afirmou um funcionário da casa de repouso.

O título de pessoa mais velha do mundo não é atribuído por nenhum órgão oficial, mas os especialistas concordaram que a religiosa era a pessoa mais velha cujo registro civil podia ser verificado. O livro Guinness dos recordes mundiais conferiu essa classificação em 25 de abril de 2022, após a morte, aos 119 anos, do japonês Kane Tanaka.



Irmã André, na última fase de sua vida cega e numa cadeira de rodas, há alguns anos não escondia um certo cansaço e confessava que desejava “morrer logo”. No ano passado, a francesa teve covid-19 e sobreviveu.

“Deus não me ouve, deve estar surdo”, disse a freira em fevereiro de 2022.

Nascida em uma família protestante não praticante, ela assumiu o hábito tardiamente, na congregação das Filhas da Caridade, e trabalhou por lá até o fim da década de 1970. Depois continuou cuidando de outros aposentados, mais jovens que ela.

“Dizem que o trabalho mata, mas é o trabalho que me faz viver, pois trabalhei até os 108 anos”, declarou a religiosa na ocasião.

Lucile Randon, a irmã André, em foto de 10 de fevereiro de 2021 — Foto: Nicolas Tucat/AFP




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

taliba-exige-que-cabecas-de-manequins-sejam-cobertas-em-cabul;-fotos

G1 Mundo

Talibã exige que cabeças de manequins sejam cobertas em Cabul; FOTOS

Manequins com capuz são um símbolo do domínio puritano do Talibã no Afeganistão. Mas, de certa forma, eles também são uma pequena demonstração de resiliência e criatividade por parte dos vendedores de vestidos em Cabul. Veja mais fotos no fim da reportagem. Inicialmente, o Talibã queria que os manequins fossem simplesmente decapitados. Pouco depois de sua ascensão ao poder em agosto de 2021, o Ministério da Propagação da Virtude e […]

today17 de janeiro de 2023 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%