G1 Mundo

Israel ataca Faixa de Gaza em resposta a mísseis disparados a partir do Líbano

today6 de abril de 2023 8

Fundo
share close

Esses conflitos mais recentes começaram depois que a polícia israelense invadiu um local sagrado para os muçulmanos (veja mais abaixo).

Os judeus estão no meio das celebrações do feriado da Páscoa, e os muçulmanos, no mês sagrado do Ramadã.

Em 2021, uma situação semelhante acabou descambando para uma guerra de 11 dias entre Israel e o Hamas, que controla Gaza.



Foguetes disparados do Líbano atingem norte de Israel

Foguetes disparados do Líbano atingem norte de Israel

Antes de atacar Gaza, o exército israelense informou que 34 foguetes foram disparados a partir do Líbano, e que 25 foram interceptados pela defesa antiaérea. Pelo menos cinco atingiram o território israelense.

Os foguetes deixaram, ao menos, um ferido em Israel, segundo os serviços de resgate.

Israel e Líbano permanecem tecnicamente em guerra após vários conflitos. A fronteira entre os dois países é monitorada pela Força Interina das Nações Unidas no Líbano (FINUL), que tem o objetivo de garantir o cessar-fogo.

Um porta-voz do exército assegurou que os foguetes eram palestinos.

“Poderia ser o [movimento islamista palestino] Hamas, poderia ser a Jihad islâmica. Porém, estamos tentando chegar a uma conclusão final sobre isso, mas não foi o Hezbollah” libanês, disse o tenente-coronel Richard Hecht.

Ninguém reivindicou a autoria dos ataques até agora e o exército do Líbano disse que desmantelou plataformas de lançamento de foguetes encontradas no sul de seu território.

Antes do ataque, as sirenes de alerta foram acionadas nas cidades de Shlomi e Moshav Betzet, assim como na região da Galileia, norte de Israel.

Intervenção policial em mesquita em Jerusalém

O episódio acontece em um momento de aumento das tensões depois da violenta intervenção policial de quarta-feira na mesquita Al Aqsa de Jerusalém, que levou 350 pessoas para a prisão, segundo a polícia.

O templo está localizado na Esplanada das Mesquitas, terceiro lugar sagrado do islã e localizado em Jerusalém Oriental, o setor palestino da cidade ocupado e anexado por Israel.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

juiz-conservador-da-suprema-corte-dos-eua-fez-viagens-de-luxo-como-convidado-de-empresario-por-decadas

G1 Mundo

Juiz conservador da Suprema Corte dos EUA fez viagens de luxo como convidado de empresário por décadas

O juiz Clarence Thomas é um dos mais conservadores da Suprema Corte dos Estados Unidos. Nesta quinta-feira (6) descobriu-se que há décadas ele aceita viagens de luxo de um empresário da cidade de Dallas sem divulgá-las publicamente, apesar de haver uma lei federal que exige a divulgação da maioria dos presentes. Os senadores do Partido Democrata pediram uma investigação. Em uma reportagem da Agência ProPublica, foi revelado que Thomas passou […]

today6 de abril de 2023 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%