Gospel Prime

Israel e Líbano fazem acordo sobre fronteira marítima

today12 de outubro de 2022 10

Fundo
share close

Um acordo histórico foi realizado nesta terça-feira (11) entre Israel e Líbano a respeito da fronteira marítima. A confirmação de tal pacto veio através de pronunciamento do primeiro-ministro israelense Yair Lapid.

“Este é um feito histórico, que fortalecerá a segurança de Israel, injetará milhares de milhões na economia israelense e garantirá a estabilidade da nossa fronteira norte,” disse Lapid, por meio de comunicado.

Lapid informou em nota oficial, que a proposta que foi redigida pelos EUA cumpre “todos os princípios econômicos e de segurança estabelecidos por Israel”.

O premiê disse que convocou para quarta-feira (12) uma reunião do Gabinete de Segurança israelense, onde receberá os ministros do governo e avaliarão o rascunho do acordo.

No fim de semana anterior, houve um diálogo entre as duas delegações para que concordassem com o conteúdo que deveria ter no rascunho do acordo, a fim de que fosse aceitável de ambos os lados.



Michel Aoun, presidente do Líbano, disse o que texto é satisfatório, uma vez que “reserva os direitos do Líbano à sua riqueza natural”.

O objetivo do acordo é acabar com a disputa de 860 km² do mar Mediterrâneo que está acima dos campos de gás Karish e Qana, que serão explorados por Israel e Líbano.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Gospel Prime.

Por: Redacao

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

cnbb-emite-nota-contra-a-“exploracao-da-fe”-no-2o-turno

Gospel Prime

CNBB emite nota contra a “exploração da fé” no 2º turno

A Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), emitiu uma nota nesta terça-feira (11), se queixando da “intensificação da exploração da fé e da religião como caminho para angariar votos no segundo turno” nas eleições. De acordo com o G1, o grupo lamenta a exploração da fé no momento político delicado do país. “Momentos especificamente religiosos não podem ser usados por candidatos para apresentarem suas propostas de campanha e demais […]

today12 de outubro de 2022 15

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%