G1 Mundo

Itália aprova lei contra ‘ecovândalos’ e aumenta multa por danificar patrimônio artístico e cultural

today19 de janeiro de 2024 7

Fundo
share close

Agora, multa para quem danifica obras de patrimônio cultural na Itália pode chegar a R$ 321 mil.


Água da Fontana di Trevi, na Itália, aparece com manchas pretas, após manifestação contra os combustíveis fósseis — Foto: Allesandro Penso/MAPS via REUTERS



O Parlamento da Itália aprovou nesta quinta-feira (18) uma lei que aumenta as penas para pessoas que danificaram monumentos ou patrimônio cultural. A mudança das penas foi votada após uma série de protestos climáticos em museus ou locais de importância arquitetônica na Europa.

Na Itália, especificamente, ativistas do clima jogaram tinta em monumentos, prédios e obras de arte. Houve incidentes como esses nos seguintes locais:

  • Fonte de Trevi, em Roma.
  • Palácio Vecchio, em Florença.
  • Casa de Ópera Scala, em Milão.

Agora, a multa para quem desfigura monumentos vai ser de até 40 mil euros (R$ 214 mil). Se houver destruição, serão 60 mil euros (R$ 321 mil).

Antes da nova lei, a multa mais severa era de 15 mil euros (R$ 80 mil). O dinheiro das multas pode ser usado para limpar e conservar os monumentos.

O projeto recebeu o nome de “lei dos ecovândalos”. A primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, quer ser vista como uma governante que preza pela lei e ordem. Ela já baixou medidas contra menores que cometem crimes, imigrantes irregulares e organizadores de festas.

Os ativistas do clima pedem para que os governos ajam para que combustíveis fósseis deixem de ser usados. Protestos semelhantes têm acontecido em outros países da Europa.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

imagens-raras-da-coreia-do-norte-mostram-adolescentes-condenados-a-trabalhos-forcados-por-ver-series-de-tv-sul-coreanas

G1 Mundo

Imagens raras da Coreia do Norte mostram adolescentes condenados a trabalhos forçados por ver séries de TV sul-coreanas

As imagens, aparentemente gravadas em 2022, exibem dois rapazes de 16 anos algemados diante de centenas de estudantes em um estádio ao ar livre. Também mostra oficiais fardados repreendendo os garotos por não "refletirem profundamente sobre seus erros". Apesar disso, alguns estão dispostos a correr o risco de punições severas para acessar K-dramas, que têm uma enorme audiência global. Imagens como essas são raras, pois a Coreia do Norte proíbe […]

today19 de janeiro de 2024 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%