G1 Mundo

Jacinda Ardern se despede do Parlamento da Nova Zelândia em discurso emocionado

today5 de abril de 2023 11

Fundo
share close

Todos os neozelandeses devem sentir que a política pode ser um lar para eles, disse a ex-primeira-ministra Jacinda Ardern nesta quarta-feira (5), em um discurso final ao Parlamento depois de liderar o país durante a pandemia de Covid-19 e um ataque terrorista em Christchurch.

Ardern agradeceu sua família, partido político e apoiadores, ao deixar o cargo de primeira-ministra. Em janeiro ela disse que “não tinha mais combustível” para comandar o país.

Ela apareceu no cenário global em 2017, quando se tornou a chefe de governo mais jovem do mundo, aos 37 anos. Ela ganhou ainda mais atenção internacional quando levou seu bebê a uma reunião das Nações Unidas.



Jacinda Ardern, da Nova Zelândia, com seu bebê na ONU, em Nova york em 2018 — Foto: Reuters/Carlo Allegri

Popular no exterior, ela viu seu apoio cair dentro do país com preços mais altos, aumento da criminalidade e reformas controversas na água e na agricultura.

Como chefe do Partido Trabalhista de centro-esquerda por cinco anos, Ardern conduziu a Nova Zelândia durante uma erupção vulcânica, um ataque de 2019 por um atirador em Christchurch que matou 51 fiéis muçulmanos e a pandemia.

Ardern disse que se envolveu na vida das pessoas “durante seus momentos mais dolorosos ou traumáticos” naquela série de eventos.

Jacinda Ardern discursa na Assembleia-Geral da ONU em Nova York — Foto: Caitlin Ochs/REUTERS

“Suas histórias e rostos permanecem gravados em minha mente e provavelmente ficarão para sempre”, afirmou Ardern na quarta-feira no Parlamento.

Filha de um policial e de uma operadora de cantina escolar, e autodenominada “abraçadora e chorona”, Ardern disse que queria que sua carreira inspirasse outras pessoas a assumir o cargo.

O sucessor Chris Hipkins nomeou Ardern nesta terça-feira para um papel não remunerado no combate ao extremismo violento online em uma organização criada após o ataque de Christchurch. Ardern disse que estava ansiosa para trabalhar na desradicalização.

Jacinda Ardern durante coletiva diante de bandeiras da Nova Zelândia em 8 de julho de 2022 — Foto: Loren Elliott/REUTERS




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

silvio-berlusconi-e-hospitalizado-em-milao

G1 Mundo

Silvio Berlusconi é hospitalizado em Milão

De acordo com a agência de notícias italiana Ansa, Berlusconi está na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital San Raffaele, de onde ele teve alta na semana passada, por conta de problemas respiratórios. O hospital confirmou que ele foi internado novamente, mas não informou em que setor o ex-premiê italiano se encontra nem o motivo da internação. Berlusconi, de 86 anos, vem enfrentando problemas de saúde no último ano, […]

today5 de abril de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%