G1 Mundo

Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, deixa hospital e inicia tratamento com cuidados paliativos em casa

today19 de fevereiro de 2023 30

Fundo
share close

O democrata de 98 anos liderou os americanos entre 1977 e 1980.


Ex-presidente dos EUA, Jimmy Carter, durante encontro em Paris no dia 10 de julho de 2021 — Foto: John Bazemore/AP



O ex-presidente dos EUA Jimmy Carter, de 98 anos, entrou em cuidado paliativo neste sábado (18), disse o Carter Center, organização criada por ele e pela esposa em 1982 para cuidar de assuntos diplomáticos.

“Após uma série de curtas internações hospitalares, o ex-presidente dos Estados Unidos Jimmy Carter decidiu hoje passar o tempo restante em casa com sua família e receber cuidados paliativos em vez de intervenção médica adicional”, diz o comunicado.

A organização disse ainda que ele tem total apoio de sua equipe médica e família e que “pede privacidade neste momento e agradece a preocupação demonstrada por seus muitos admiradores”.

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) define que cuidados paliativos são “cuidados de saúde prestados à pessoa com doença grave, progressiva e que ameaça a continuidade da vida, para promover a qualidade de vida do paciente e de seus familiares com o objetivo de prevenção e alívio do sofrimento”.

Isso inclui o tratamento da dor e de outros sintomas físicos, sociais, espirituais e psicológicos.

Em agosto de 2015, Carter teve um pequeno câncer removido de seu fígado. No ano seguinte, Carter anunciou que não precisava de mais tratamento, pois uma droga experimental havia eliminado qualquer sinal de câncer.

Carter, do partido democrata, tornou-se o 39º presidente dos Estados Unidos quando derrotou o ex-presidente Gerald R. Ford, em 1976. Ele cumpriu um único mandato e foi derrotado pelo republicano Ronald Reagan, em 1980.

Imagem de Jimmy Carter, ex-presidente dos EUA, em 3 de novembro de 2019 — Foto: John Amis/AP

VÍDEOS: mais assistidos do g1

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-efeito-que-os-aplicativos-de-namoro-podem-causar-no-cerebro

G1 Mundo

O efeito que os aplicativos de namoro podem causar no cérebro

Na nova série da BBC Three, Planet Sex, a modelo Cara Delevingne investigou o que acontece com nossos cérebros quando vemos imagens de pessoas que achamos atraentes. Em um dos episódios, ela mesma foi examinada. Seu cérebro foi monitorado enquanto ele via imagens de pessoas que reconhecia, de conhecidos que achava atraentes a pessoas com quem teve relacionamentos de longo prazo. As funções cerebrais de Cara se iluminaram mais quando […]

today19 de fevereiro de 2023 20

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%