G1 Santos

Jovem é vítima de homofobia em competição de crossfit: ‘sapatão dos infernos’

today20 de outubro de 2022 18

Fundo
share close

Uma profissional de educação física, de 22 anos, relatou ter sido vítima de homofobia por meio de agressões verbais enquanto trabalhava em um campeonato de crossfit em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Um vídeo obtido pelo g1, nesta quinta-feira (20), mostra o momento em que os agressores xingam e declaram palavras homofóbicas como “sapatão dos infernos” e “jumenta” à ela.

Giovanna Padovani Lui foi selecionada para participar como juíza da Mugo Games 2022, que aconteceu no último domingo (16). O campeonato de crossfit, segundo ela, é dividido por categorias, entre elas o RX Masculino, que foi um dos grupos arbitrados por ela e disputado em trio.

Profissional ouviu xingamentos e sofreu homofobia da torcida em uma competição de crossfit em Praia Grande — Foto: Reprodução



Segundo a profissional, quando o trio entrou para competir, a torcida ficou atrás e reagiu aos julgamentos que ela fazia aos competidores. “Quando os atletas exercem movimentos que não são coerentes com o que o campeonato está pedindo, a arbitragem anula o que foi feito e o atleta precisa repetir. Bem no começo da prova eu anulei, e a torcida começou a me xingar de jumenta, sapatão do caramba e sapatão do inferno”, afirmou.

Giovanna ressaltou que ouviu as agressões, mas mesmo se sentido “humilhada e muito mal”, manteve o profissionalismo e decidiu tomar as medidas necessárias após a competição. Ela informou que registrou um boletim de ocorrência e está dando andamento ao caso junto com uma advogada, além de receber o apoio da empresa organizadora do evento.

Giovanna Padovani Lui é profissional de educação física e foi selecionada para ser judge em uma competição de crossfit em Praia Grande — Foto: Arquivo pessoal

“Assim que eu comuniquei à empresa, ela me deu todo o apoio. Deixaram o advogado deles à minha disposição e estão me ajudando a localizar as pessoas [agressores]. Estão me ajudando da melhor forma possível”, declarou.

A profissional de educação física ressaltou que fará o que puder para ajudar e defender quem sofre homofobia e aconselhou as vítimas para que não tenham medo de denunciar casos semelhantes.

Giovanna Padovani Lui trabalhava em uma competição de crossfit em Praia Grande quando sofreu homofobia — Foto: Arquivo pessoal

“Não é errado você ser quem você é. Errado são as pessoas te julgarem por isso e tentarem te colocar para baixo. Não tenham medo. Quanto mais a gente abaixa a cabeça, mais isso cresce. Eu estou aqui para quebrar barreiras. Se depender de mim, eu vou com isso até o fim, e se eu puder defender mais pessoas em relação a isso, eu vou defender. Ninguém merece passar por isso, todo mundo merece ser respeitado, isso é o mínimo”, desabafou.

Em nota divulgada nas redes sociais da empresa, a organização do Mugo Games informou que “repudia toda e qualquer discriminação, especialmente homofóbica, que caracteriza-se como crime”.

“Esse posicionamento se deve devido à ocorrência do crime de homofobia contra uma pessoa da nossa equipe, que estava trabalhando na arena no momento da ofensa. O fato chegou ao nosso conhecimento, através de vídeo com áudio nítido e claro, caracterizando o crime supra mencionado.

Empresa organizadora do evento que aconteceu em Praia Grande repudia as ofensas sofridas pela profissional — Foto: Arquivo pessoal

Nosso evento é baseado em princípios e valores morais e sociais, além de inclusivos, de modo a tratar todas as pessoas, atletas ou não, de forma igualitária. Reiteramos nossa solidarização àqueles que se sentiram violados ou discriminados em razão de ofensas cometidas por aqueles presentes em nosso evento.

Apesar de não termos nenhum envolvimento com casos assim ocorridos, estamos à disposição para prestar todo o suporte necessário no seguimento da queixa, especialmente para a pessoa ofendida de nossa equipe”, disse a organização, em nota.

Giovanna Padovani Lui é noiva de Thayna Máximo. As duas namoram há 1 ano e 4 meses — Foto: Arquivo pessoal

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

dupla-invade-restaurante-e-e-‘enganada’-apos-levar-centenas-de-panfletos-que-imitam-notas-de-r$-100-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Dupla invade restaurante e é ‘enganada’ após levar centenas de panfletos que imitam notas de R$ 100 no litoral de SP

Caso aconteceu em São Vicente, SP, e suspeitos foram presos em flagrante. Dupla invade restaurante e leva centenas de panfletos que imitam notas de R$ 100 Dois homens, de 20 e 48 anos, foram presos em flagrante após invadirem um restaurante em São Vicente, no litoral de São Paulo, e furtarem centenas de panfletos que imitavam notas de R$ 100. Ao g1, Waldomiro Moreira dos Santos, proprietário do estabelecimento, disse […]

today20 de outubro de 2022 32

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%