G1 Santos

Jovem esquarteja amigo e foge após vê-lo ‘cantando’ mulher casada no litoral de SP; VÍDEO

today2 de outubro de 2023 12

Fundo
share close

Um jovem foi preso em Mongaguá, no litoral de São Paulo, após esquartejar e incendiar a casa de um amigo que, segundo ele, estaria ‘cantando’ uma mulher casada. Segundo apurado pelo g1 nesta segunda-feira (2), o suspeito confessou o crime para a polícia e disse que usou oito tipos de facas diferentes para cortar o corpo da vítima.

A vítima, identificada como Bruno Rodrigues, foi achado morta por bombeiros que foram acionados para combater um incêndio que atingia a casa do rapaz. Segundo o suspeito, eles teriam discutido após a vítima, que estava embriagada em um bar, ter dado em cima de uma mulher casada. O autor teria o repreendido pela ação.

Imagens obtidas pelo g1 nesta segunda-feira (2) mostram o suspeito correndo em uma rua próxima ao local onde a vítima foi encontrada (veja o vídeo acima). Ele foi detido por policiais na Avenida Monteiro Lobato, no bairro Balneário Santa Eugênia, e encaminhado à delegacia.



Suspeito de decapitar corpo e incendiá-lo foi preso horas após o crime em Mongaguá, SP — Foto: Imagem cedida por Canal 5 WebTV e Reprodução

Em depoimento à polícia, o suspeito afirmou que estava em Mongaguá há uma semana e que havia conhecido a vítima na praia. Eles teriam conversado e Bruno teria oferecido um emprego para ele no ramo de construção.

Segundo o suspeito, além do trabalho remunerado, a vítima lhe ofereceu estadia junto a ele, com comida e uma bicicleta para locomoção. Ele disse, também, que estava na cidade para fugir de membros de uma facção criminosa.

Na véspera do crime, após repreender Bruno pela ‘cantada’ na mulher casada, eles retornaram à casa onde prestavam serviços e pernoitavam e discutiram. A vítima teria avançado com uma faca na direção dele, que chutou o objeto, conseguiu pegá-lo e o esfaqueou em seguida. Após perceber que Bruno estava morto, o suspeito usou oito facas diferentes para desmembrá-lo.

Segundo a polícia, em seguida, o suspeito colocou algumas roupas próximas a um colchão e ateou fogo para que o corpo e o imóvel fossem queimados. Após o início do incêndio, o criminoso fugiu do local e descartou as armas em um córrego. A polícia segue o investigando o caso para verificar a possibilidade de outras pessoas terem participado do crime.

Durante o combate ao incêndio, um dos bombeiros encontrou a vítima carbonizada e com o corpo cortado em um dos cômodos do imóvel, momento em que a Polícia Militar (PM) foi acionada.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, o Corpo de Bombeiros foi acionado por vizinhos que avistaram fumaça no local. A casa da vítima estava aberta e com marcas de sangue no chão.

Casa onde corpo foi encontrado decapitado durante combate a incêndio em Mongaguá, SP — Foto: Imagens cedidas por Canal 5 WebTV

De acordo com a polícia, um morador forneceu imagens de monitoramento que possibilitaram a identificação do suspeito saindo do imóvel.

Equipes da PM realizaram diligências e o encontraram na Avenida Monteiro Lobato, no bairro Balneário Santa Eugênia, onde foi preso e encaminhado à delegacia.

Três facas e uma lâmina foram encontradas e encaminhadas à perícia. O caso foi registrado como destruição, subtração, ocultação de cadáver e homicídio na Delegacia Sede de Mongaguá.

Corpo foi encontrado decapitado durante combate a incêndio em Mongaguá, SP — Foto: Imagens cedidas por Canal 5 WebTV

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video-flagra-guardas-atirando-cerca-de-20-vezes-contra-motorista-bebado-que-ignorou-ordem-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Vídeo flagra guardas atirando cerca de 20 vezes contra motorista bêbado que ignorou ordem no litoral de SP

Motorista de 32 anos foi preso por embriaguez ao volante e desacato após desrespeitar a ordem de parada dos agentes em Guarujá (SP). Vídeo flagra guardas atirando cerca de 20 vezes contra motorista bêbado que ignorou ordem Um motorista de 32 anos foi preso por embriaguez ao volante e desacato após desrespeitar a ordem de parada de agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) de Guarujá, no litoral de São Paulo. […]

today2 de outubro de 2023 7

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%