Tocando:

Rádio 97Web

Juiz decide contra padeiro cristão em caso de bolo “transgênero”

Escrito por em 17 de junho de 2021

Nesta terça-feira (15), o juiz do Tribunal Distrital de Denver, A. Bruce Jones, decidiu contra o padeiro cristão do Colorado, EUA, Jack Phillips, que se recusou a fazer um bolo de aniversário transgênero rosa e azul.

Para Bruce, ele violou a lei estadual de anti-discriminação do estado quando negou a encomenda do bolo de Autumm Scardina.

Phillips, então, se envolveu em discriminação ilegal quando negou “bens e serviços” por causa do “status transgêro” de Scardina, segundo a opinião do juiz.

A decisão afirma que a esposa de Phillips havia concordado em fazer um bolo rosa com glacê azul para cerca de oito pessoas, porém, logo foi rejeitado quando Scardina revelou o significado das cores.

“Os réus admitem que estavam dispostos a fazer o bolo solicitado até que a Sra. Scardina identificou que escolheu as cores para refletir e celebrar sua identidade como mulher trans”, escreveu Jones.

Juiz determina discriminação

Phillips e sua esposa fariam para outros indivíduos não transgêneros, um bolo idêntico caso pedissem, no entanto, o juiz decidiu que ambos falharam em apresentar alguma evidencia razoável.

“Os réus falharam em carregar seu fardo para demonstrar que fornecer o bolo solicitado constituía qualquer tipo de discurso simbólico ou expressivo protegido pela Primeira Emenda”, continuou.

Ainda assim, Kristen Wagoner, conselheira geral de defesa da liberdade da Alliance, que representa Phillips, prometeu apelar da decisão.

“Ativistas radicais e oficiais do governo estão mirando em artistas como Jack porque eles não promovem mensagens sobre casamento e sexualidade que violem suas convicções básicas”, disse Wagoner.

Não é a primeira vez que Phillips têm enfrentado os tribunais por causa de suas objeções religiosas, nos últimos anos ele vem batalhando juridicamente pelas recusas de fazer bolo para casamento do mesmo sexo e celebração da identidade transgênero, segundo o The Christian Post.




Opinião dos visitantes

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *