G1 Mundo

Juiz rejeita tentativa de Trump de encerrar processo por difamação de acusadora de estupro

today14 de janeiro de 2023 9

Fundo
share close

E. Jean Carroll acusou Trump de estuprá-la no camarim de uma loja de departamentos Bergdorf Goodman no final de 1995 ou início de 1996.


Jornalista E. Jean Carroll chega para audiência na corte de Nova York em foto de 21 de outubro de 2020 — Foto: Carlo Allegri/Reuters/Arquivo



Um juiz federal dos Estados Unidos rejeitou nesta sexta-feira a tentativa de Donald Trump de encerrar um processo movido pela escritora E. Jean Carroll acusando o ex-presidente norte-americano de difamação após negar tê-la estuprado em meados da década de 1990.

O juiz distrital Lewis Kaplan, de Manhattan, disse que o argumento de Trump de que a ex-colunista da revista Elle não poderia provar difamação porque ela falhou em alegar “danos especiais” não tem mérito.

O magistrado também rejeitou o argumento de Trump de que a alegação de agressão de Carroll sob a Lei de Sobreviventes Adultos de Nova York deve ser rejeitada porque a lei negou a ele o devido processo sob a Constituição do estado.

Os advogados de Trump não responderam imediatamente aos pedidos de comentários. Os advogados de Carroll não responderam imediatamente a pedidos semelhantes.

Carroll acusou Trump de estuprá-la no camarim de uma loja de departamentos Bergdorf Goodman no final de 1995 ou início de 1996.

Trump negou a acusação pela primeira vez em junho de 2019, dizendo a um repórter na Casa Branca que não conhecia Carroll, que ela “não era meu tipo” e que ela inventou a alegação para vender seu novo livro de memórias.

Ele repetiu a negação em uma postagem em rede social em outubro de 2022, chamando a alegação de estupro de “farsa”, “mentira” e “golpe completo” e dizendo “isso só pode acontecer com ‘Trump’!”.

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

colombia-investigara-militares,-inclusive-americanos,-por-abusos-de-menores-indigenas

G1 Mundo

Colômbia investigará militares, inclusive americanos, por abusos de menores indígenas

O presidente da Colômbia, Gustavo Petro, pediu nesta sexta-feira (13) uma investigação sobre supostos estupros de menores indígenas por militares locais e americanos na região da Amazônia colombiana, após uma história revelada por uma investigação jornalística. "Pedi que uma comissão do Instituto Colombiano de Bem-Estar Familiar (ICBF) e da presidência se desloque imediatamente a Guaviare e trate das denúncias de estupros de menores. Esse horror dura anos, estimulado pela imunidade. […]

today14 de janeiro de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%