G1 Mundo

Kate Middleton: Família real pede que imprensa não divulgue fotos e vídeos da princesa após anúncio sobre câncer

today23 de março de 2024 5

Fundo
share close

De acordo com o jornal The Times, a princesa gostaria de ter privacidade para seguir com a sua rotina. O pedido é que ela não seja fotografada enquanto deixa os filhos na escola ou em suas consultas ao médico.

O câncer da princesa, de 42 anos, foi descoberto em exames pós-operatórios, informou a assessoria do Palácio de Kensington.



Kate Middleton revela ter câncer

Kate Middleton revela ter câncer

Kate se submeteu a uma cirurgia no abdômen em janeiro. Foram os exames posteriores que identificaram as células cancerosas.

No vídeo de 2 minutos e 20 segundos, a princesa falou sobre a descoberta da doença.

“Eu queria agradecer as mensagens de apoio. Foram meses muito difíceis para nossa família. Eu agradeço minha equipe médica. Em janeiro, eu passei por uma grande cirurgia abdominal e na ocasião pensou-se que minha condição não era de câncer. A cirurgia foi bem -sucedida, no entanto exames após a operação notaram que havia câncer. Minha equipe médica aconselhou que eu me submetesse a uma quimioterapia preventiva, e agora estou nos estágios iniciais desse tratamento”.

“Precisamos de tempo, espaço e privacidade enquanto eu completo meu tratamento. Eu preciso me concentrar em uma recuperação plena.” (Clique para ler a íntegra aqui)

Kate não deu mais detalhes sobre a doença. Segundo comunicado do Palácio de Kensington, ela está afastada dos deveres oficiais sem previsão de volta.

O palácio não havia informado anteriormente que ela seria submetida a uma operação e também não deu nenhum detalhe sobre o que foi o procedimento.

Após a cirurgia, a princesa de Gales teve de passar 13 dias internada em um hospital de Londres. E, mesmo depois de receber alta, teve a orientação médica de permanecer em casa e longe da agenda oficial até depois da Páscoa.

O sumiço de Kate Middleton ganhou contornos mais polêmicos após o Palácio de Kensington, em meio a indagações sobre o paradeiro da princesa, divulgar uma foto dela com os filhos no Dia das Mães no Reino Unido, no último dia 10.

No dia seguinte, o Palácio de Kensington publicou um comunicado assinado por Kate no qual ela reconheceu que houve manipulação na imagem. A princesa de Gales afirmou ainda na nota que ela mesma fez a edição da foto, em que aparece sentada e rodeada pelos três filhos — segundo o palácio, o príncipe William fez a foto.

A foto de Kate Middleton ao lado dos filhos Louis, George e Charlotte feita para o Dia dos Mães que a princesa de Gales reconheceu ter sido editada. — Foto: Príncipe William/Palácio de Kensington

“Como muitos outros fotógrafos amadores, eu experimento editar as fotos de vez em quando. Queria expressar minhas desculpas por qualquer confusão que a foto de família que compartilhamos ontem causou. Espero que todo mundo tenha passado um feliz Dia das Mães (que no Reino Unido se celebra em 10 de março)”, afirmou Kate, no comunicado.

Horas mais tarde da divulgação da foto, a agência de notícias norte-americana Associated Press divulgou que excluiria a foto de seu catálogo porque havia identificado sinais de manipulação. Outras duas grandes agências, a Reuters e a France Presse, fizeram o mesmo com a imagem, que chegou a ser publicada no g1.

“(…) A AP posteriormente retirou a imagem [de seu catálogo] porque, após uma inspeção mais detalhada, deu-se a impressão de que a fonte havia manipulado a imagem de uma forma que não atendia aos padrões fotográficos da AP. A foto mostra uma inconsistência no alinhamento da mão esquerda da princesa Charlotte”.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

atentado-na-russia:-estado-islamico-diz-que-ataque-faz-parte-de-‘guerra-violenta-contra-paises-que-combatem-o-isla’

G1 Mundo

Atentado na Rússia: Estado Islâmico diz que ataque faz parte de ‘guerra violenta contra países que combatem o islã’

“O ataque (em Moscou) surge no contexto de uma guerra violenta entre o Estado Islâmico e os países que lutam contra o Islã”, disse a agência de notícias do grupo em seu canal do Telegram. Também neste sábado, o grupo terrorista divulgou uma foto com os quatro homens que, segundo o Estado Islâmico, são os terroristas que executaram o atentado. O atentado, reivindicado por um braço do grupo terrorista Estado […]

today23 de março de 2024 4

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%