G1 Mundo

Lula confirma participação em cúpula entre Celac e União Europeia, diz Planalto

today5 de julho de 2023 14

Fundo
share close

O Palácio do Planalto, em nota, informou que Lula irá ao encontro, que vai acontecer em Bruxelas, na Bélgica, nos 17 e 18 de julho.

Lula conversou por telefone com o premiê, que preside o governo espanhol. Foi o primeiro contato entre os dois após assumirem, respectivamente, os comandos rotativos do Mercosul e do Conselho da União Europeia.

Os líderes, que se reuniram em abril em Madri, desejam acelerar as negociações neste segundo semestre para que o acordo comercial entre em vigor.



Negociado desde 1999, o acordo entre os blocos teve a parte comercial finalizada em 2019.

O texto do acordo prevê uma série de mudanças em temas tarifários e não tarifários, que impactarão a compra e venda de produtos entre os países dos blocos.

O acordo está em fase de revisão pelos países dos dois blocos, que precisam ratificar o documento para que as regras entrem em vigor.

Mercosul: Lula defende resposta 'rápida e contundente' para acordo com União Europeia

Mercosul: Lula defende resposta ‘rápida e contundente’ para acordo com União Europeia

Na última terça (4), o presidente sugeriu que a contraproposta do bloco seja discutida na cúpula da Celac e da União Europeia.

“Quem sabe não seja a Celac o momento de discutir o Mercosul, porque nós vamos roubar a cena da Celac. Mas nós vamos ter que ter uma proposta e enviar a proposta para eles e chamá-los para discutir, para ver se a gente consegue, neste semestre, fazer o acordo definitivo entre União Europeia e Mercosul. […] Vou tentar ver se a gente consegue avaliar uma reunião de ministros [do Mercosul] para definir o texto que precisamos enviar”, declarou.

Lula chegou a anunciar que o vice-presidente Geraldo Alckmin seria o representante do governo brasileira na cúpula entre Celac e União Europeia, que não é realizada desde 2015. O petista, porém, mudou de ideia.

  • Entenda abaixo o que é a Celac:

Celac: entenda o que é o bloco de países que o Brasil pode voltar a integrar

Celac: entenda o que é o bloco de países que o Brasil pode voltar a integrar

Além da cúpula, o presidente irá à Bélgica e participará, no dia 17, de um fórum empresarial. O Planalto informou que, no encontro, deverão ser anunciados novos investimentos europeus na América Latina. Além de Sánchez, também estará presente a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen.

O Brasil deixou a Celac durante o governo de Jair Bolsonaro (PL) e retornou neste ano, após a posse de Lula. O bloco, criado no México em 2010, reúne 33 países interessados em ampliar a integração regional.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

video:-aguas-de-chuvas-destroem-predio-na-china;-pelo-menos-15-morrem

G1 Mundo

Vídeo: águas de chuvas destroem prédio na China; pelo menos 15 morrem

As chuvas têm causado inundações e deslizamentos de terra nas últimas semanas, e tempestades de granizo e temperaturas altas têm causado problemas com colheitas no país. Pelo menos 15 pessoas morrem em deslizamentos causados por enchentes na China Na China, 15 pessoas morreram em consequência de fortes chuvas nesta quarta-feira (5). As mortes aconteceram na cidade de Chingqing, no sudoeste do país. Um vídeo mostra um prédio sendo parcialmente destruído. […]

today5 de julho de 2023 9

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%