G1 Mundo

Lula diz torcer por Biden nas eleições dos EUA: ‘Se Trump ganhar, a gente não sabe o que ele vai fazer’

today30 de junho de 2024 3

Fundo
share close

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quinta-feira (27) que, como democrata, torce pela reeleição do atual presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, nas eleições de novembro deste ano.

Segundo o petista, o atual chefe da Casa Branca é um caminho mais seguro e, se Donald Trump voltar ao poder, “a gente não sabe o que ele pode fazer”.

“Eu sou simpático ao Biden, acho que o Biden é a certeza de que os Estados Unidos vão continuar respeitando a democracia. O Trump já deu aquela demonstração quando ele invadiu o Capitólio, que não é uma coisa correta de fazer, ele fez lá um pouco que tentaram fazer aqui no Brasil com o golpe de 8 de janeiro”, disse o petista.



Lula deu as declarações durante entrevista à Rádio Itatiaia, de Minas Gerais, estado em que cumpre agenda nesta quinta.

“Então, como democrata, eu estou torcendo para que o Biden saia vitorioso e, se o Biden ganhar, eu já conheço o Biden, já tenho uma relação com os Estados Unidos que é uma relação sólida, eu pretendo manter. Se o Trump ganhar, a gente não sabe o que ele vai fazer. Sinceramente, a gente não tem noção do que ele vai fazer”, seguiu.

A fala de Lula faz referência ao ataque ao Capitólio em janeiro de 2021, quando apoiadores do então presidente Donald Trump invadiram o centro legislativo dos Estados Unidos protestando contra o resultado das eleições que haviam levado o democrata Joe Biden ao poder.

Lula reafirmou que, da parte dele, uma eventual vitória do republicano não representaria uma mudança na política externa do Brasil. Portanto, uma mudança na chefia da Casa Branca não afetaria o clima em território brasileiro.

“Essas pessoas que fazem muitas bravatas, eu não gosto, não acho bom na politica. Da minha parte, não… vai alterar o clima nos Estados Unidos. Aqui no Brasil, não. Nós tomamos conta do nosso quintal sem precisar que ninguém se meta”, seguiu.

Biden e Trump conseguem nº de delegados para virarem candidatos

Biden e Trump conseguem nº de delegados para virarem candidatos

O primeiro debate da eleição americana de 2024 acontece mais de quatro meses antes de os eleitores irem às urnas. O enfrentamento deve ser menos caótico do que aqueles vistos na campanha de 2020.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

espanhola-e-presa-por-sabotar-adega-apos-demissao,-derramar-60-mil-litros-de-vinho-e-causar-prejuizo-de-r$-13-milhoes;-assista

G1 Mundo

Espanhola é presa por sabotar adega após demissão, derramar 60 mil litros de vinho e causar prejuízo de R$ 13 milhões; assista

Vingança?! Ex-funcionária foi dispensada do cargo dois dias antes do ocorrido. Os barris violados continham em seu interior a colheita dos três vinhos mais comercializados pela vinícola Cepa 21. Espanhola é presa por sabotar adega e derramar 60 mil litros de vinho Quatro meses depois de sabotar a adega em que trabalhava na Espanha para se vingar de sua demissão, uma ex-funcionária do local foi presa nesta quinta-feira (27). Em […]

today30 de junho de 2024 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%