Pleno News

Lula, o patriarca do antissemitismo no Brasil

today29 de fevereiro de 2024 8

Fundo
share close

Lawrence Maximus – 29/02/2024 16h55

Presidente Luiz Inácio Lula da Silva Foto: EFE/ Andre Borges

Agora em terras caribenhas, a fala abjeta do atual mandatário brasileiro — que mergulha o país num dos mais graves incidentes diplomáticos de nossa história, levando-nos às raias da ruptura de relações com Israel — advém do velho truque comunista da inversão dos fatos. Mas, não há improviso no antissemitismo virulento do mandatário brasileiro. Por trás de sua fala fossilizada, há toda uma cultura política e uma estratégia geopolítica em curso.

Adentramos o intricado território da memória coletiva e sua vulnerabilidade à manipulação ideológica. Analisamos como os revisionistas históricos exploram brechas na consciência coletiva para disseminar narrativas distorcidas contra Israel.

Lula encarna essa putrefação política, que alimenta essa distorção da história — desde o antissemitismo até o ódio ideológico contra o Estado de Israel —, ao lado dos velhos companheiros do Brics: China, Rússia, África do Sul, Coreia do Norte e Irã.

Após as falas do presidente Lula comparando as ações de Israel na guerra contra o Hamas na Faixa de Gaza com as ações de Hitler contra os judeus durante o Holocausto, houve um aumento de 263% nas denúncias de antissemitismo no Brasil. Os dados são da Federação Israelita do Estado de São Paulo (FISESP), obtidos a partir de denúncias de ocorrências em escolas e universidades, bem como em ambientes virtuais.



Na semana que antecedeu o discurso de Lula, realizado em 18 de fevereiro, na Etiópia, o Departamento de Segurança Comunitária da Federação Israelita (DSC FISESP) havia recebido 46 denúncias relacionadas às instituições de ensino. Após o pronunciamento, esse número cresceu para 165, de acordo com a entidade. O presidente da FISESP, Marcos Knobel, expressou preocupação com essa onda de antissemitismo, ressaltando o aumento das incidências após o massacre do Hamas no sul de Israel em 7 de outubro do ano passado.

De janeiro a fevereiro de 2024, a FISESP registrou 602 casos de racismo antijudaico; quase um terço do total de denúncias do ano anterior. A CNN afirmou ter entrado em contato com o Palácio do Planalto para obter algum pronunciamento sobre o relatório da FISESP. Até o momento, porém, sem resposta.

O aumento significativo do antissemitismo, como evidenciado pelo relatório da federação israelita, é motivo de grande preocupação. Os ataques verbais e discriminações contra judeus, exacerbados por declarações públicas, ressaltam a urgência de ações concretas para combater o ódio e promover a tolerância. A conscientização e a educação continuam sendo ferramentas poderosas na luta contra o antissemitismo e na construção de um mundo mais tolerante.

As declarações do presidente mostraram falta de tato, de diplomacia, de respeito à história e de fidelidade aos fatos. Lula conseguiu reaproximar o Brasil de ditaduras de esquerdas e islâmicas, irritar os Estados Unidos e abrir a maior crise diplomática em séculos.

Esta é a primeira vez, desde a Independência, em 1822, que o país se vê tão isolado do Ocidente e tão fidedigno com o que há de mais sombrio no mundo. Portanto, o Brasil e o mundo inteiro sabem perfeitamente que Lula se tornou o primeiro presidente deste país a se declarar abertamente antissemita, tornando-se patriarca!

“Que Adonai nosso Deus abençoe a Terra Santa!


Que Adonai nosso Deus tenha misericórdia do Brasil…”.

*Siga-me nas redes sociais.

Lawrence Maximus é cientista político, analista internacional de Israel e Oriente Médio, professor e escritor. Mestre em Ciência Política: Cooperação Internacional (ESP), Pós-Graduado em Ciência Política: Cidadania e Governação, Pós-Graduado em Antropologia da Religião e Teólogo. Formado no Programa de Complementação Acadêmica Mastership da StandWithUs Brasil: história, sociedade, cultura e geopolítica do Oriente Médio, com ênfase no conflito israelo-palestino e nas dinâmicas geopolíticas de Israel.

* Este texto reflete a opinião do autor e não, necessariamente, a do Pleno.News.

Siga-nos nas nossas redes!

O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.




Todos os créditos desta notícia pertecem a Pleno News.

Por: Lawrence Maximus

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

pat-guaruja-oferta-32-vagas-de-emprego-nesta-sexta-feira

Prefeitura de Guarujá

PAT Guarujá oferta 32 vagas de emprego nesta sexta-feira

Abaixo, veja as exigências de cada vaga e como concorrer 10 vagas – Marteleteiro Experiência na função Escolaridade: Ensino Fundamental 05 vagas – Auxiliar de Borracheiro Experiência na função Escolaridade: Ensino Médio 05 vagas – Pedreiro Experiência em carteira de trabalho Escolaridade: Ensino Fundamental 03 vagas – Operador de Loja (PCD) Experiência não exigida Escolaridade: Ensino Fundamental 02 vagas – Auxiliar de Enfermagem Experiência em carteira de trabalho Escolaridade: Ensino Técnico Obs: Possuir experiência em exames […]

today29 de fevereiro de 2024 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%