G1 Mundo

Mais de 100 morrem após enchentes na capital da República Democrática do Congo, diz presidente

today13 de dezembro de 2022 36

Fundo
share close

Pelo menos 100 pessoas morreram em Kinshasa, capital da República Democrática do Congo, depois que fortes chuvas provocaram inundações e deslizamentos de terra nesta terça-feira (13), disse o presidente do país Martin Fayulu.

Imagens compartilhadas por ele (veja acima) mostraram bairros inteiros inundados com água lamacenta e estradas destruídas por buracos.

Carros e casas são vistos em meio a enchente na cidade de Kinshasa, capital da República Democrática do Congo — Foto: REUTERS/Stringer



Um vídeo mostra uma grande rodovia cortada ao meio por um buraco gigante que engoliu vários veículos no distrito de Mont-Ngafula. Espectadores em capas de chuva foram até a borda para espiar o abismo.

Fayulu prestou suas condolências às famílias das vítimas.

Rápida urbanização de Kinshasa

Veículo levando o Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, passa por rua em Kinshasa, na República Democrática do Congo — Foto: Andrew Harnik/AP

Antigamente, Kinshasa era um local reconhecido pelas suas vilas de pescadores que viviam às margens do rio Congo. Após a evolução da economia local, Kinshasa se tornou uma das maiores megacidades da África, com uma população de cerca de 15 milhões.

A rápida urbanização mal regulamentada tornou Kinshasa cada vez mais vulnerável a inundações repentinas após chuvas intensas, que se tornaram mais frequentes devido às mudanças climáticas.

Pelo menos 39 pessoas morreram em Kinshasa em 2019, quando chuvas torrenciais inundaram distritos baixos e alguns prédios e estradas desabaram.

Além da infraestrutura danificada, cada dia de inundação em Kinshasa custa às famílias um total de US$ 1,2 milhão (aproximadamente R$6,5 milhões) devido à interrupção do transporte em larga escala, de acordo com um documento do Banco Mundial de 2020.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

luva-de-pedreiro-chega-ao-catar-e-tira-fotos-com-fas-no-aeroporto:-‘obrigado,-deus,-pai’

G1 Mundo

Luva de Pedreiro chega ao Catar e tira fotos com fãs no aeroporto: ‘Obrigado, Deus, pai’

"Obrigado, Deus, pai", escreveu o influenciador nas redes sociais. Luva de Pedreiro chega ao Catar e tira fotos com fãs no aeroporto — Foto: Reprodução/Redes Sociais "Fala, minha tropa, todo mundo está falando porque eu não fui para a Copa, mas eu vou ainda. Só vou no mata-mata, tá ligado?", disse, no final de novembro. Empolgado com a novidade, Luva afirmou que pretendia representar os brasileiros no país do Oriente […]

today13 de dezembro de 2022 10

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%