G1 Santos

Mato alto, teias de aranha e interfone sem botão: veja os sinais de abandono na mansão de Pelé

today26 de junho de 2024 2

Fundo
share close

À equipe de reportagem, o advogado Augusto Miglioli, que representa o filho do Rei Pelé, negou que o imóvel esteja abandonado. O representante de Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, alegou, ainda, que a casa foi desocupada e os funcionários foram demitidos com o Atleta do Século ainda vivo. A defesa destacou que estes fatos não foram influenciados pela morte dele.

Edinho, é o inventariante do espólio de Pelé, ou seja, responsável por administrar os bens de Pelé.

Um dos principais problemas notados na residência é o mato, que aparenta não ser aparado há meses. Ele esconde parte da mansão e cresce, inclusive, entre o muro e o portão de acesso à residência.



A área da piscina também foi tomada por mato, que cresceu entre o piso. Já na parte externa, a vegetação está tão alta que pouco dá para ver o campo de futebol que tem no terreno.

Com o desgaste da pintura, quase não dá para ver a cor dos muros da fachada. Alguns pontos estão com a tinta descascando, enquanto outros possuem manchas escuras de deterioração devido ao tempo.

A madeira aparenta estar desgastada, com manchas espalhadas por toda extensão e danos na parte inferior.

Além disso, também é possível ver ferrugem nos portões. Um deles está com a fechadura destruída sem a parte da maçaneta.

Mansão deixada por Pelé apresenta sinais de abandono em Guarujá, SP

1/8

Mato e pintura desgastada chama atenção de mansão deixada por Pelé em Guarujá. — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

2/8

Piscina da casa está com água verde e rodeada de mato em Guarujá — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

3/8

Suporte de lâmpada está quebrado na fachada da mansão deixada por Pelé em Guarujá. — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

4/8

Portão está danificado na mansão deixada por Pelé em Guarujá. — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

5/8

Teias de aranha foram flagradas na parte externa do imóvel deixado por Pelé em Guarujá. — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

6/8

Pintura da fachada do imóvel deixado por Pelé está descascando em Guarujá — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

7/8

Fechadura de portão está entre itens quebrados no imóvel deixado por Pelé em Guarujá — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

8/8

Fachada da mansão deixada por Pelé em Guarujá possui sinais de abandono. — Foto: Imagem cedida ao g1 Santos

Do lado de fora da casa, é possível ver alguns itens sem funcionamento. O interfone, por exemplo, está sem o botão e um suporte de lâmpada da fachada está quebrado. O g1 apurou também que não há energia elétrica na mansão.

Teias de aranha foram vistas na entrada da residência, principalmente próximo do interfone e na área de teto que cobre os portões.

Outro sinal de abandono é a situação no interior da casa, que está vazia. Os itens pessoais de Pelé foram retirados dos cômodos, restando apenas sujeira no chão.

A equipe da reportagem apurou que criminosos usam árvores ao redor do imóvel para invadir a casa e furtar fios de cobre.

A água da piscina está com a coloração esverdeada, dando a impressão de que não é limpa há meses.

Imagem Imagens cedidas ao g1 Santos Imagem Imagens cedidas ao g1 Santos

Antes e depois da casa de Pelé na Praia de Pernambuco, em Guarujá (SP) — Foto 1: Imagens cedidas ao g1 Santos — Foto 2: Imagens cedidas ao g1 Santos

A mansão ocupa um quarteirão na Praia de Pernambuco. Conforme apurado pelo g1, a casa foi a penúltima residência de Pelé antes do ex-jogador morar com a esposa, Márcia Aoki, em um imóvel no Jardim Acapulco, também em Guarujá. Apesar da mudança, o Rei continuou a frequentar o local.

Segundo moradores, funcionários da mansão foram demitidos após a morte do Rei, em dezembro de 2022. Com isso, começaram os sinais de abandono do imóvel.

Vídeo mostra mansão milionária de Pelé que está em estado de abandono, em Guarujá (SP)

Vídeo mostra mansão milionária de Pelé que está em estado de abandono, em Guarujá (SP)

Edson Cholbi do Nascimento, o Edinho, é o inventariante, ou seja, responsável por administrar os bens de Pelé. Ao g1, o advogado Augusto Miglioli, que representa o filho do atleta, alegou que a casa foi desocupada e os funcionários foram demitidos com Pelé ainda em vida.

O advogado afirmou que a residência possui problemas estruturais, mas ressaltou que estes “já estão sendo cuidados”.

“A ação dos vândalos ocorre em um momento de reestruturação e diz respeito à ausência de segurança naquele local. No mais, todos esses pontos estão sendo cuidados pelo Espólio [conjunto de bens]”, explicou o advogado.

À esquerda, mansão de Pelé em Guarujá (SP), em 2013. À direita, situação atual. — Foto: Imagens cedidas ao g1 Santos e Fábio Motta/Estadão Conteúdo

Márcia e Pelé durante o casamento celebrado em 2016 — Foto: Divulgação

Filhos de Pelé com Rosemeri dos Reis Cholbi (1º casamento):

  • Edson Cholbi Nascimento, o Edinho
  • Kely Cristina Cholbi Nascimento
  • Jeniffer Cholbi Nascimento

Filhos de Pelé com Assíria Nascimento (2° casamento):

  • Joshua Seixas Arantes do Nascimento
  • Celeste Seixas Arantes do Nascimento

Filhas reconhecidas pelo Pelé

  • Flávia Kurtz Arantes do Nascimento
  • Sandra Regina Arantes do Nascimento Felinto

No caso de Sandra, que já é falecida, Octavio Felinto Neto e Gabriel Arantes do Nascimento Felinto, netos de Pelé, dividirão entre si a parte da herança dela.

Filhos de Pelé e a enteada dele, Gemima Macmahon — Foto: Reprodução/Instagram

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

corpo-carbonizado-encontrado-em-trilha-e-de-turista-carioca-desaparecido-no-litoral-de-sp

G1 Santos

Corpo carbonizado encontrado em trilha é de turista carioca desaparecido no litoral de SP

Bruno, que tinha 34 anos, fez o último contato com a família às 16h37 de 14 de março. Um dia antes, ele contou à mãe que faria um camping selvagem na Praia do Góes, em Guarujá, e ficaria um dia sem telefone porque não teria onde carregá-lo. Depois disso, desapareceu sem dar notícias. O corpo foi encontrado em uma área de difícil acesso, duas semanas depois. Devido ao estado avançado […]

today26 de junho de 2024 5

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%