G1 Mundo

Matteo Messina Denaro, chefe da máfia siciliana, morre aos 61 anos na Itália

today25 de setembro de 2023 4

Fundo
share close

Matteo Messina Denaro, o último chefe da máfia siciliana na Itália morreu aos 61 anos, nesta segunda-feira (25). Ele era responsável por comandar o grupo mafioso Cosa Nostra na região de Trapani, na Sicília.

Na sexta-feira (22), o hospital informou que ele entrou em um “coma irreversível” e já não recebia alimentação. Denaro pediu para não ser reanimado, em caso de morte.

Espera-se que seu corpo seja devolvido à Sicília nos próximos dias para um funeral privado, disse um funcionário do governo para a agência de notícias Reuters.



Messina Denaro foi, durante muitos anos, uma figura de destaque da Cosa Nostra, o sindicato do crime siciliano que inspirou os filmes “O Poderoso Chefão”.

Foi um dos mais cruéis, condenado 20 vezes à prisão perpétua, entre elas, por participação no assassinato do juiz antimáfia Giovanni Falcone, em 1992.

Matto Messina Denaro é preso na Sicília após 30 anos foragido — Foto: Carabinieri Military Police/via Reuters

Denaro também foi condenado por participar de uma série de atentados em Roma, Florença e Milão, em 1993, que mataram dez pessoas, e por ter ajudado a organizar o sequestro de Giuseppe di Matteo, de 12 anos, para tentar dissuadir o pai do menino de prestar depoimento contra a máfia. O menino foi detido por dois anos e depois assassinado.

Messina Denaro desapareceu no verão de 1993 e passou a liderar a lista das pessoas mais procuradas da Itália.

Apelidado pela imprensa italiana de “o último poderoso chefão”, Denaro não teria fornecido qualquer informação à polícia depois de ter sido detido em frente a uma clínica de saúde privada na capital siciliana, Palermo, em 16 de janeiro.

De acordo com registros médicos vazados para a imprensa italiana, ele foi submetido a uma cirurgia para câncer de cólon em 2020 e 2022 usando nome falso.

O chefe da máfia italiana Matteo Messina Denaro dentro de viatura policial após ser preso na Sicília, em 16 de janeiro de 2023. — Foto: Carabinieri via Reuters




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

vagao-do-vlt-pega-fogo-no-litoral-de-sp;-video

G1 Santos

Vagão do VLT pega fogo no litoral de SP; VÍDEO

Segundo apurado pela TV Tribuna, afiliada da Globo, o incêndio começou em uma bateria de lítio, usada de forma alternativa na locomoção do VLT quando ocorre falta de energia elétrica. A Polícia Militar informou que foi acionada, por volta das 11h05, para atendimento da ocorrência de incêndio em um vagão do VLT. Oito viaturas do Corpo de Bombeiros com 18 profissionais atuaram no combate as chamas. O Corpo de Bombeiros […]

today25 de setembro de 2023 3

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%