G1 Santos

Médica diz que remédios podem cortar efeito de anticoncepcionais e causar ‘gestações silenciosas’

today29 de julho de 2023 7

share close

Maria Virgínia ressaltou que nenhum contraceptivo [método para evitar a gravidez] é infalível. No caso de Tamires, embora tenha afirmado tomar regularmente os anticoncepcionais, uma outra questão chama a atenção, o fato de ter feito o uso de antibiótico para tratar uma infecção urinária.

A médica aponta que algumas medicações reduzem o efeito de contraceptivo. Ela citou remédios que agem no sistema nervoso central, anticonvulsivantes e antibióticos.

“Algumas medicações podem reduzir a eficácia [dos contraceptivos], mas não cortar totalmente [o efeito]. Então, tem que usar preservativo, mesmo quem toma certo tem chance de engravidar”, disse a médica.



Segundo Maria Virgínia, as mulheres que fazem uso de anticoncepcionais, mas precisam tratar de alguma infecção, devem optar por reforçar a segurança com os tradicionais preservativos. Dessa forma, aumentam as chances de evitar uma gravidez indesejada.

Jovem de 23 anos dá à luz bebê em elevador de hospital em menos de uma hora após descobrir gravidez em Guarujá, SP — Foto: Arquivo Pessoal

Tamires Silva Oliveira lembrou do tratamento para a infecção e se disse surpresa com a possível ação do antibiótico sobre o contraceptivo. “Nunca imaginei [que engravidaria] porque o ciclo menstrual estava vindo normalmente, mas, provavelmente, foi o antibiótico que cortou o efeito”.

A jovem tem outros duas filhas, uma delas com pouco mais de um ano. Como a criança ainda está mamando, ela acredita que, por isso, não notou alterações no corpo. “Ele não dava sinal de que estava aqui”.

Nós temos duas meninas, uma de 5 anos e uma de 1 ano e 5 meses. O menininho veio tirando uma onda, deixou nossos cabelos em pé, da família inteira

— Tamires Silva Oliveira

Felipe ficou conhecido pelo apelido de ‘bebê do elevador’ por funcionários do Hospital Santo Amaro, em Guarujá — Foto: Arquivo Pessoal

Tamires contou ter acordado menstruada na última sexta-feira (21) e foi levada pelo marido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Enseada, após começar a sentir dor no rim, que foi aumentando de intensidade ao longo do dia.

Na unidade de saúde, disse ter sentido dificuldade para respirar e ficado pálida, quando foi medicada e começou a sentir contrações. Foi nesse momento que ela teve um estalo: “falei que era dor de parto”.

Ainda na UPA, após deduzir que estava grávida, vários profissionais se aproximaram tentando confirmar a gravidez, mas não conseguiam ouvir os batimentos do bebê. Foi quando uma das médicas colocou o equipamento [estetoscópio] nas costas de Tamires e ouviu o coração batendo.

Imediatamente a mulher foi transferida ao Hospital Santo Amaro (HSA), onde uma médica a disse que o feto estaria morto pela quantidade de sangue. Momentos depois, um outro profissional apareceu e a tranquilizou, dizendo que realizaria o parto.

Tão logo ouviu as palavras do médico, ela foi conduzida de maca e às pressas para o centro cirúrgico. E, como a sala fica em outro andar, precisaram usar o elevador. A criança nasceu na cabine.

Jovem dá à luz em elevador de hospital em menos de uma hora após descobrir gravidez

Jovem dá à luz em elevador de hospital em menos de uma hora após descobrir gravidez

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

G1 Santos

Idoso é espancado por vizinho policial após não responder a ‘bom dia’ no litoral de SP; VÍDEO

Um idoso de 75 anos entrou na Justiça contra o próprio vizinho, um policial militar aposentado, após ser agredido por ele dentro do prédio em que moram em São Vicente, no litoral de São Paulo. A vítima, que prefere não se identificar, contou ao g1, neste sábado (29), que a confusão começou após ele não responder ao ‘bom dia’ dito pelo vizinho. Imagens de monitoramento do condomínio flagraram as agressões, que precisaram de intervenção do porteiro. O idoso chegava ao […]

today29 de julho de 2023 12

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%