G1 Santos

Menino de 6 anos com autismo é esquecido dentro de ônibus escolar e fica quase 2h preso

today3 de julho de 2024 1

Fundo
share close

Um menino, de 6 anos, com autismo, foi esquecido dentro do ônibus escolar em Eldorado (SP). Ao g1, a mãe da criança, Cecília Ribeiro, disse que a monitora e o motorista do transporte teriam deixado o filho sem cinto de segurança, pois estava cochilando. Ele ficou aproximadamente duas horas sozinho no veículo até que ouvissem os pedidos de socorro.

Cecília contou que embarcou o filho no coletivo com destino à escola municipal Lilia Viana de Almeida na manhã de 24 de junho, mas o menino não desceu do ônibus. Por estar dormindo, foi esquecido entre das 7h e 9h, quando ouviram os pedidos dele por socorro.

À equipe de reportagem a Prefeitura de Eldorado informou que o garoto foi encontrado já na garagem da empresa de transporte. Segundo a administração municipal, o menino estava tranquilo e ao volante do veículo desligado.



A mãe contou que, depois da descoberta, o filho foi levado à escola e, só duas horas depois, ela teria sido informada pela diretora da unidade sobre o ocorrido. Para Cecília, os profissionais agiram de forma irresponsável e colocaram a vida do garoto em risco.

Ela contou que o homem que viu o filho pedindo por socorro disse que o menino estava roxo e suado dentro do veículo. “Para a gente, que é adulto, ficar preso em algum lugar já é terrível e traumatizante. Imagina para uma criança acordar e não ter ninguém ali”.

A mãe acredita que a situação poderia ter sido pior caso o filho tivesse permanecido por mais tempo no veículo. “Se ele passasse mais 1h lá dentro com certeza estaria fazendo o velório do meu filho, ele teria morrido ou desmaiado. É complicado. Foi colocada em risco a vida do meu filho”.

O menino, que faz acompanhamento para tratamento do Transtorno do Espectro Autista (TEA), ficou com o psicológico abalado com a situação, segundo a mãe.

“Ele chegou da escola assustado, falando que tinham deixado ele preso dentro do ônibus e que me chamou e eu não ouvi”, disse a Cecília.

EMEF Profª Lilia Viana de Almeida, em Eldorado (SP) — Foto: Reprodução/Redes Sociais

A mulher registrou o caso na delegacia e espera que providências sejam tomadas para que outras crianças não passem pela mesma situação. “Meu filho ficou desesperado e aterrorizado quando acordou”.

Ela quer saber quem foi o responsável por ter abandonado o menor sozinho dentro do veículo, pois a criança não está mais dormindo à noite e nem frequentando a escola. Segundo Cecília, a situação poderia ser pior caso o filho não fosse verbal e não soubesse pedir ajuda.

“Em momento algum acionaram o Conselho Tutelar ou ligaram para mim, que sou responsável pela criança. Foi uma sucessão erros. A escola deveria ter me chamado lá no momento em que ele chegou com o motorista para eu dar acolhimento ao meu filho”, disse.

A situação foi registrada como abandono de incapaz na Delegacia Sede de Eldorado, onde o caso é investigado. Conforme apurado pelo g1, um inquérito policial foi instaurado e as partes envolvidas estão sendo ouvidas. O caso está sob segredo de justiça.

Em nota, a Prefeitura de Eldorado informou que o incidente ocorreu devido à falha na execução das rotinas de vistoria, que deveriam garantir que as crianças desembarcassem adequadamente.

Conforme registrado no Termo de Ocorrência Escolar, após estacionar o veículo, por volta das 7h20, o motorista foi informado por uma moradora que havia uma criança dentro do ônibus.

Imediatamente, o motorista retornou ao transporte escolar e encontrou um aluno de 6 anos, diagnosticado com TEA, dentro do ônibus, sentado no banco do motorista e brincando com o volante.

Após acolher a criança, o motorista ligou para o monitor, que estava impossibilitado no momento, e dirigiu-se até o coordenador de transporte escolar, que o acompanhou até a escola, onde o menino foi deixado às 8h40.

A administração municipal disse que o aluno foi imediatamente acolhido pela equipe escolar e que a direção entrou em contato com a responsável para informá-la sobre o ocorrido.

Os profissionais envolvidos receberam advertências e foram orientados sobre a necessidade do cumprimento rigoroso das normas de segurança e conduta exigidas no transporte escolar.

VÍDEOS: g1 em 1 Minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

adolescente-que-espancou-e-jogou-enteado-de-2-anos-contra-parede-‘escapou’-da-prisao-por-dois-dias;-entenda

G1 Santos

Adolescente que espancou e jogou enteado de 2 anos contra parede ‘escapou’ da prisão por dois dias; entenda

O rapaz foi apreendido na madrugada de segunda-feira (1º) após confessar ter agredido a criança em casa, no bairro Vila Margarida, em São Vicente, porque ela estava chorando. Conforme apurado pelo g1, o casal passou por audiência de custódia na terça-feira (2) e segue detido. Em decorrência das lesões, a criança sofreu um traumatismo cranioencefálico e, segundo a Santa Casa de Santos, segue internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) […]

today3 de julho de 2024 1

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%