G1 Mundo

Ministro da Ucrânia sonda Mauro Vieira sobre vinda de Zelensky ao Brasil e país europeu deve apresentar datas

today6 de novembro de 2023 2

Fundo
share close

Em setembro, durante a Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), em Nova York, o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, foi procurado pela diplomacia ucraniana, que o sondou sobre uma vinda de Zelensky ao Brasil.

A visita de Zelensky já foi tratada entre os dois presidentes, Lula e Zelenksy. O interesse partiu do governo ucraniano, e o Brasil tem respondido de maneira favorável ao pedido de visita.

Zelensky busca aproximação com países de postura neutra no conflito entre Rússia e Ucrânia, e que ainda mantêm negócios com os russos, como é o caso do Brasil. Potências ocidentais, como os Estados Unidos, aplicam sanções comerciais à Rússia.



Lula e Zelensky se encontraram em setembro durante reunião do Conselho de Segurança da ONU. Na ocasião, o presidente ucraniano foi até o hotel do presidente Lula, para uma conversa de 1h10.

Em conversa com Zelensky, Lula destaca importância de diálogo e que mesa de negociação é muito mais barata do que guerra

Em conversa com Zelensky, Lula destaca importância de diálogo e que mesa de negociação é muito mais barata do que guerra

Na ocasião, eles puderam conversar sobre a invasão russa à Ucrânia, que começou em fevereiro de 2022 e desde então tem resultado numa guerra que é um dos principais problemas geopolíticos do mundo.

Lula busca protagonismo no cenário mundial e pretende liderar movimento pelo fim do conflito. É ideia do presidente a criação de um “clube da paz”, que reuniria países neutros no conflito e que tenham capacidade de intermediar conversar entre Rússia e Ucrânia.

No início do ano, algumas declarações de Lula não foram bem recebidas por Zelensky. O presidente brasileiro disse, por exemplo, que Rússia e Ucrânia — o país invadido — eram responsáveis pelo conflito.

Lula também disse que as potências ocidentais, ao fornecerem armas e munições para a Ucrânia, perpetuavam a guerra.

Depois Lula moderou o discurso e passou a condenar de forma mais veemente e invasão russa. Quando ele se encontrou com Zelensky, em Nova York, já havia dado declarações diretas contra a agressão ao território ucraniano.




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

brasileiros-se-desesperam-ao-ficar-fora-de-lista-de-estrangeiros-que-podem-deixar-gaza;-embaixador-diz-que-havera-outras

G1 Mundo

Brasileiros se desesperam ao ficar fora de lista de estrangeiros que podem deixar Gaza; embaixador diz que haverá outras

Chefe da diplomacia do Brasil na Palestina também afirmou trabalhar para que brasileiros estejam entre próximos grupos liberados para sair de Gaza. Brasileiros relatam problemas com internet e terror sobre ter que permanecer no território palestino. Brasileiro fala ao descobrir que não vai deixar Gaza na 1ª leva de estrangeiros Uma lista com cerca de 500 nomes de estrangeiros que poderão deixar a Faixa de Gaza nesta quarta-feira (1º) foi […]

today6 de novembro de 2023 2

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%