G1 Santos

Motorista ‘influencer’ que filmou o próprio sequestro já fez vídeos com arma e ‘zombando’ da polícia; VEJA

today13 de junho de 2024 9

Fundo
share close

Segundo a Polícia Civil, o motorista tem 29 anos e mora em Guarujá (SP). Na ocasião, ele fez uma corrida até Praia Grande (SP) e, na volta para casa, parou na Vila Ema, em São Vicente, para atender uma suposta cliente. Apesar da solicitante ser uma mulher, ainda segundo a corporação, dois homens entraram no carro e, na altura do bairro Samaritá, anunciaram o crime.

De acordo com a polícia, um terceiro suspeito chegou ao local de moto e a vítima, que tentou fugir, acabou sendo baleada no ombro por um deles. O estado de saúde dela é estável. Dois bandidos foram detidos e outro conseguiu fugir.

Nas redes sociais, a vítima se apresenta como motorista particular e de aplicativo desde 2017. O homem compartilha a rotina do trabalho, além de publicar ‘memes’ e dicas para outros profissionais da área.



Entre as publicações, ele mostra uma arma em um vídeo de tema ‘passageiros que colocam para pagar na próxima corrida’. Em outro, ele comenta as próprias reações ao encontrar com policiais nas ruas — em uma delas, coloca uma música de fundo que diz que está “invisível” ao passar pelas viaturas.

Motorista de aplicativo baleado em sequestro publicou vídeos com arma nas redes sociais — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Sobre os conteúdos em questão, a SSP-SP afirmou ao g1 que o caso é investigado por meio de um inquérito policial no 3º Distrito Policial (DP) de São Vicente. Segundo a pasta, os detalhes serão preservados para garantir autonomia ao trabalho da equipe.

Procurada pelo g1, a família do motorista preferiu não se manifestar sobre o caso.

Motorista de app faz vídeo após ser baleado em sequestro em São Vicente (SP) — Foto: Reprodução

Ele pode ser investigado?

O motorista não é investigado pelos vídeos que postou nas redes sociais. Ao g1, o advogado Thyago Garcia explicou que a publicação deste tipo de conteúdo pode levar a uma investigação, principalmente, em relação ao porte de arma de fogo — ou seja, verificar se ele possui autorização.

A pedido da equipe de reportagem, o especialista listou os crimes nos quais estes vídeos podem fazer com que o homem seja investigado:

  • Desacato: “Zombar de policiais pode ser considerado desacato, conforme o artigo 331 do Código Penal Brasileiro, que trata de ofender a dignidade ou o decoro de um funcionário público no exercício da função ou em razão dela”, afirmou Thyago.
  • Apologia ao crime: De acordo com o advogado, se a pessoa está incentivando a prática de crimes, como violência contra policiais, ela pode ser acusada, conforme o artigo 287 do Código Penal Brasileiro.
  • Posse ou porte ilegal de arma de fogo: Segundo o Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003), se a arma exibida no vídeo estiver em posse ou porte ilegal, a pessoa pode ser investigada e processada.
  • Incitação ao crime: Se o conteúdo das publicações incite outras pessoas a cometerem crimes, o caso pode ser investigado, conforme o artigo 286 do Código Penal Brasileiro.
  • Ameaça: Caso os vídeos tenham ameaças diretas ou veladas contra policiais ou outras pessoas, pode ser classificado segundo o artigo 147 do Código Penal Brasileiro.

Motorista de aplicativo é sequestrado e baleado em São Vicente, SP

Motorista de aplicativo é sequestrado e baleado em São Vicente, SP

O crime aconteceu na última segunda-feira (10). Segundo a Polícia Civil, quando os PMs chegaram, os três suspeitos fugiram para uma área de mata no bairro Samaritá, sendo dois deles localizados e detidos no local. Um escapou.

A Prefeitura de São Vicente informou à equipe de reportagem que a vítima baleada no ombro foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), levada ao Pronto-socorro do Jardim Rio Branco e transferida ao Hospital Vicentino.

A administração municipal acrescentou que o motorista estava consciente e estável. Mas, de acordo com o Artigo 73 do Código de Ética Médica, a pasta está proibida de divulgar a atualização do estado de saúde sem o consentimento do paciente.

VÍDEOS: g1 em 1 minuto Santos




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

idoso-morto-apos-levar-‘voadora’-teve-celular-furtado-ao-cair-no-chao-e-sofrer-traumatismo-craniano,-diz-familia

G1 Santos

Idoso morto após levar ‘voadora’ teve celular furtado ao cair no chão e sofrer traumatismo craniano, diz família

O caso aconteceu na Rua Pirajá da Silva, no bairro Aparecida, conforme registrado pelo filho da vítima em boletim de ocorrência. Segundo a família, o idoso caiu de costas no chão após levar a 'voadora', batendo a cabeça e sofrendo um traumatismo craniano. Ele foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Zona Leste, onde foi intubado, mas teve três paradas cardíacas e não resistiu. Ao g1, o filho do […]

today13 de junho de 2024 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%