G1 Santos

Motorista que viralizou com serviço de ‘flagras’ em motéis interrompe atividade após sofrer ameaças

today19 de setembro de 2022 40

Fundo
share close

Elizandra Regina de Cândido, de 48 anos, viralizou nas redes sociais ao fazer uma publicação oferecendo transporte inusitado em São Vicente, no litoral de São Paulo.

Motorista que viralizou ao oferecer serviços para ‘flagrar’ maridos em motéis disse que parou com essa opção após sofrer ameaças — Foto: Arquivo Pessoal



A motorista que viralizou nas redes sociais ao fazer uma publicação oferecendo transportes inusitados, como levar mulheres para dar ‘flagras’ em maridos saindo de motéis em São Vicente, no litoral de São Paulo, disse que parou de prestar o serviço após sofrer ameaças. Apesar disso, ela contou ao g1 que o assunto repercutiu e a fez ganhar a confiança de muitas mulheres, um prêmio e até a ser convidada para dar palestras sobre empoderamento feminino.

Elizandra Regina de Cândido, de 48 anos, disse que os serviços que oferecia para os flagrantes estavam dando muito problema. “Comecei a ficar com medo de andar na rua. Fiquei muito conhecida e recebia muitas ameaças, então resolvi não fazer mais. Não sou detetive”.

“Não tinha nenhuma segurança para continuar fazendo isso. Comecei a ficar com medo e comecei a abrir outros horizontes”, contou.

Elizandra comemora a repercussão e as conquistas que obteve após os serviços oferecidos ganharem repercussão. “Tem muita criança que vai para a escola comigo, tem mulher que não saia de casa, por ter síndrome do pânico, e que hoje sai comigo. Meu telefone não para”.

Muitas mulheres confiam em mim, levo oito crianças [individualmente] às escolas. Levo um menino de três anos para a casa da vó dele. As pessoas adquiriram uma confiança grande em mim. Hoje, tenho outra vida por conta disso, trabalho o dia inteiro“, disse.

Antes de trabalhar como motorista particular, Elizandra vendia os laços que confeccionava — Foto: Arquivo Pessoal

Ela afirmou que a confiança é tanta que a mãe de uma adolescente a contratou para levar a filha para a casa de uma amiga, que a menina havia conhecido na internet e que mora em Ribeirão Pires (SP). “São duas meninas estudantes, introspectivas, tímidas, que não saem de casa, mas se conheceram pela internet e viraram grandes amigas”.

“Achei bacana a mãe confiar no meu trabalho. Ela nem conhecia a dona da casa [a mãe da outra menina]. Fui lá [a Ribeirão Pires] e agi como se fosse alguém da família. Entrei na casa com o telefone ligado, fiz vídeochamada, as mães se conheceram e eu ali do lado”, disse.

Elizandra explicou que garantiu à mãe contratante que voltaria com a menina para casa, se o “lugar não for bacana”.

Palestras de empoderamento

Além de continuar como motorista para mulheres, Elizandra também começou a ser convidada para dar palestras sobre empoderamento feminino. “Encorajei muita mulher”.

“Minha vida mudou muito. Sou muito feliz, pago minhas contas, moro com a minha filha e não dependo de homem nenhum. Não dependo de nada”, afirmou.

O sucesso foi tanto que a motorista recebeu o Prêmio da Mulher Caiçara. “Isso pra mim foi uma surpresa, foi sensacional, incrível. Só tinham mulheres sensacionais, as melhores psicólogas, as melhoras jornalistas […]. Não sabia se eu chorava ou se eu ria”.

Motorista de São Vicente viraliza ao oferecer serviço de transporte inusitado para mulheres — Foto: Reprodução/Redes Sociais

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias

Newsletter G1 Created with Sketch.

O que aconteceu hoje, diretamente no seu e-mail

As notícias que você não pode perder diretamente no seu e-mail.

Para se inscrever, entre ou crie uma Conta Globo gratuita.

Obrigado!

Você acaba de se inscrever na newsletter Resumo do dia.

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

homem-demitido-apos-se-atrasar-por-salvar-vitima-de-acidente-vive-de-‘bicos’-ha-mais-de-um-ano-e-busca-emprego-fixo

G1 Santos

Homem demitido após se atrasar por salvar vítima de acidente vive de ‘bicos’ há mais de um ano e busca emprego fixo

Robsom Santos vive em Bertioga (SP), é pai solteiro e ajuda crianças em projeto social. Homem que ajudou vítima de acidente foi dispensado por atraso em Bertioga, SP — Foto: Robsom dos Santos/ Arquivo Pessoal O ex-entregador Robsom Santos, de 36 anos, vive de "bicos" em Bertioga, no litoral de São Paulo, desde que foi demitido do trabalho após se atrasar por salvar uma vítima que capotou o carro na […]

today19 de setembro de 2022 13

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%