G1 Santos

Mulher diz ter recebido água no lugar de sopa após discutir com restaurante no litoral de SP: ‘revoltante’

today27 de setembro de 2022 8

Fundo
share close

A auxiliar de farmácia Gabriela Ribeiro, de 31 anos, precisava comer algo antes de iniciar o jejum preparatório para uma endoscopia [exame que analisa mucosa do esôfago, estômago e duodeno] e resolveu pedir uma sopa de ervilha para ela e um macarrão ao sugo para o namorado. Em vez da sopa, ela afirma ter recebido um isopor cheio de água, e que a refeição do companheiro sequer foi entregue. Ambos aguardaram por mais de 1h30 o pedido feito a um restaurante em Santos, no litoral de São Paulo. “Pedi a sopa porque eu tinha que comer alguma coisa leve”.

Gabriela contou ao g1, nesta terça-feira (27), ter feito o pedido por um aplicativo na noite do último domingo (25), em um restaurante em que já havia comprado comida anteriormente. O restaurante negou que tenha enviado água para a cliente.

“Pedi 19h45 e tinha que comer até umas 21h30. A previsão era de entrega entre 20h55 e 21h. Paguei via PIX e fiquei esperando. Quando foi 21h04 mandei uma mensagem no chat deles perguntando se [a comida] já tinha saído [do restaurante] porque estava preocupada com o horário, de atrasar e eu não [poder] cumprir o jejum certinho”, disse.

A auxiliar disse ter conseguido contato com o restaurante por WhatsApp. “Me responderam no chat falando que tinha ocorrido um atraso, que eles tiveram alta demanda de pedidos e um problema com entregador. Até aí tudo bem”.

O atendente, segundo ela, informou que o pedido estava saindo da cozinha e seria entregue em 15 minutos. “Falei que se fosse nesse prazo poderia mandar, se não, era para cancelar”.



Auxiliar de farmácia trocou mensagens com estabelecimento após receber isopor com água em Santos, SP — Foto: Arquivo Pessoal

“Quando foi 22h mandaram mensagem [falando] que o motoboy já estava lá, se podia despachar [o pedido]. Eu já estava sem comer, nervosa, aí falei que podia. Deu uns 10 minutos e o motoboy chegou”, disse.

Gabriela conta que o namorado buscou o pedido e percebeu que a embalagem estava leve. Segundo a auxiliar, ele questionou o entregador, que informou que não era funcionário da empresa, que só fazia as entregas.

“Meu namorado colocou [na mesa] e, ao abrir, falou ‘veio água’. Perguntei se haviam mandado uma garrafa de água, mas ele disse que eu não estava entendendo, que tinha vindo água dentro do marmitex”, disse a auxiliar de enfermagem.

Para ela, a situação mostra o despreparo do estabelecimento. “Literalmente é revoltante. Fiz um pedido, não estava esperando nada de graça. Paguei, esperei mais de 1h para chegar e receber água. Eu não quero ganhar dinheiro em cima [disso], quero só o que paguei. Eu quero que o restaurante reconheça [o erro] para que não faça isso com mais nenhum cliente“, finalizou.

Auxiliar de farmácia comprou algo leve para jantar pois precisava fazer endoscopia no dia seguinte e recebe isopor com água após mais de 1h30 de atraso em Santos, SP — Foto: Arquivo Pessoal

O restaurante Nobre Sopas e Açaí afirmou que o pedido foi enviado corretamente. Segundo a empresa, a cliente disse que se não chegasse em 15 minutos, cancelaria o pedido. “Estávamos sem entregador e solicitamos a entrega do iFood”.

“O pedido foi feito por meio do iFood e não temos responsabilidade sobre a entrega nem sobre a devolução de valores em caso de cancelamento. A cliente mandou mensagens, depois, ameaçando e mesmo eu dizendo que era o iFood quem a reembolsaria, ela passou o nosso WhatsApp para outra pessoa que nos mandou mensagem com ameaças”, disse em nota.

Segundo o estabelecimento, eles não trabalham com isopor com água. “O pedido dela foi duas embalagens contendo a sopa e o macarrão”. De acordo com o restaurante, em cinco anos em atividade nunca tiveram problema semelhante: “jamais enviamos água”.

“Posso afirmar com 100% de certeza que não foi enviada embalagem com água para nenhum cliente em toda história do restaurante, nem será enviado algo assim. Nós respeitamos todos os clientes e não temos medo de ameaça porque fazemos sempre o correto”, finalizou.

O iFood informou, em nota, que está analisando o caso mencionado pela reportagem e, “tão logo seja identificado qualquer indício de desvio de conduta, tomará todas as medidas pertinentes ao caso”. A empresa reforçou que repudia condutas inapropriadas em seu aplicativo.

VÍDEOS: Mais assistidos do g1 nos últimos 7 dias




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Santos.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

familia-procura-por-menino-de-15-anos-desaparecido-ha-cinco-dias-em-santos,-sp

G1 Santos

Família procura por menino de 15 anos desaparecido há cinco dias em Santos, SP

Guilherme Matheus Tavares sumiu na última quarta-feira (21). A Polícia Civil investiga o caso. O jovem Guilherme Matheus Tavares desapareceu na última quarta-feira (21) em Santos, no litoral de São Paulo. — Foto: Reprodução/ Facebook Guilherme Matheus Tavares Bento, de 15 anos, está desaparecido desde a última quarta-feira (21) após ter saído de casa para vender doces em um semáforo de Santos, no litoral de São Paulo. Segundo familiares, a […]

today26 de setembro de 2022 44

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%