G1 Mundo

‘Não desconfiei dele nenhum segundo’, diz homem que alugou quarto para Danilo Cavalcante nos EUA

today18 de setembro de 2023 38

Fundo
share close

Em 2021, o brasileiro alugou um quarto na casa do Franco, por quatro meses, e durante o tempo em que moraram juntos, Danilo evitava ser filmado.


  • Brasileiro foi condenado à prisão perpétua por ter assassinado a ex-namorada Débora Bem abril de 2021 nos EUA e fugiu da cadeia onde estava.



  • No Tocantins, Danilo era foragido pelo assassinato de um homem em 2017, mas conseguiu fugir para os Estados Unidos.

  • Em 2021, o criminoso alugou um quarto na casa do Franco, por quatro meses.

  • Durante o tempo em que morou com Franco, Danilo evitava ser filmado e, um vídeo de um churrasco obtido pelo Fantástico é um dos poucos registros dele.

'Não desconfiei dele nenhum segundo', diz homem que alugou quarto para Danilo Cavalcante nos EUA

‘Não desconfiei dele nenhum segundo’, diz homem que alugou quarto para Danilo Cavalcante nos EUA

Em 2021, Danilo alugou um quarto na casa do empreiteiro Franco de Sampaio Rosa, por quatro meses.

“Eu fui muito bem enganado por um psicopata. Eu não desconfiei dele nenhum segundo”, conta Franco.

Durante o tempo em que morou com Franco, Danilo evitava ser filmado e, um vídeo de um churrasco obtido pelo Fantástico é um dos poucos registros dele. (veja no vídeo acima)

“Eu nunca perguntei muita coisa sobre a vida dele. Ele falava muito pouca coisa e mudava de assunto, relata.

Danilo filmado em churrasco nos EUA — Foto: Reprodução/TV Globo

Com medo de ser descoberto, Danilo fugiu mais uma vez. Franco só descobriu que ele tinha se mudado porque as câmeras o filmaram levando tudo embora. Naquele mesmo dia, Danilo matou a ex-namorada, Deborah Brandão, com 28 facadas. Ela tinha descoberto que Danilo era foragido da Justiça Brasileira. As imagens da casa de Franco é que ajudaram a polícia a encontrar o assassino.

“O quarto dele estava vazio, as coisas dele já tinham… não tinha mais nada dele para trás”.

Imagens capturadas na casa de Franco Rosa mostram Danilo após assassinar ex-namorada nos EUA — Foto: Reprodução/TV Globo

Danilo foi preso, julgado e condenado a prisão perpétua nos EUA. Ele ficou dois anos na cadeia até a fuga que mobilizou a polícia americana. Franco conta que estava com medo que ele batesse na sua porta.

“Eu estava com muito medo disso. Depois que eu vi na televisão que tinham realmente pegado ele, eu comecei a chorar bastante. Ver que acabou […] Ele pode até tentar, mas eu duvido muito que ele vai conseguir fugir dessa cadeia”, ressalta.

A captura do assassino brasileiro nos Estados Unidos ocorreu da seguinte forma:

  • Durante a madrugada de quarta-feira (13), um helicóptero equipado com câmera térmica identificou um ponto suspeito. Entretanto, uma chuva torrencial começou, forçando o helicóptero a se retirar;
  • Por terra, uma equipe tática da polícia se posicionou e encontrou Danilo Cavalcanti, que havia se escondido em uma área arborizada durante os 14 dias em que estava foragido;
  • Ele foi encontrado por volta das 8 horas da manhã de quarta-feira, deitado próximo a um córrego com o rosto enterrado na terra;
  • Armado com um fuzil que havia roubado dias antes, ele ainda tentou fugir, mas foi capturado por um cachorro da polícia de fronteira americana chamado Yoda, um pastor belga de quatro anos treinado para ações táticas.
  • Nas fotos tiradas durante a captura, é possível ver Yoda permanecendo ao lado de Danilo enquanto os soldados o detinham. O chefe de polícia relatou que, apesar do confronto, o cachorro saiu ileso, enquanto Danilo sofreu apenas uma mordida leve na cabeça.

Brasileiro capturado nos EUA fugiu de centro para menores infratores pulando muro, em 2006; veja histórico de crimes e de fugas — Foto: Reprodução/TV Globo

Veja a reportagem completa abaixo:

Brasileiro capturado nos EUA fugiu de centro para menores infratores pulando muro

Brasileiro capturado nos EUA fugiu de centro para menores infratores pulando muro

Ouça os podcasts do Fantástico:

Deseja receber as notícias mais importantes em tempo real? Ative as notificações do G1!




Todos os créditos desta notícia pertecem a G1 Mundo.

Por: G1

Esta notícia é de propriedade do autor (citado na fonte), publicada em caráter informativo. O artigo 46, inciso I, visando a propagação da informação, faculta a reprodução na imprensa diária ou periódica, de notícia ou de artigo informativo, publicado em diários ou periódicos, com a menção do nome do autor, se assinados, e da publicação de onde foram transcritos.

Avalie

Post anterior

o-raro-acordo-que-permitiu-troca-de-prisioneiros-entre-eua-e-ira

G1 Mundo

O raro acordo que permitiu troca de prisioneiros entre EUA e Irã

Cinco cidadãos americanos presos no Irã durante anos retornaram aos EUA, enquanto cinco iranianos presos nos Estados Unidos também foram liberados para voltar ao país de origem. A repórter da BBC, Lyse Doucet, acompanhou o momento em que os cinco prisioneiros americanos saíram do avião. Segundo ela, o alívio entre eles era evidente. Um deles, contou, falou aos seus advogados que o "pesadelo acabou". Além da libertação, Washington se comprometeu […]

today18 de setembro de 2023 6

Publicar comentários (0)

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


0%